Fale com o Governo Ações em Destaques

26/2/22 às 18:41, Atualizado em 26/2/22 às 21:15

Seis novos papa-lixos mudam a rotina na Fercal

População já vê resultados positivos com a diminuição de insetos e outros vetores de doenças

Rafael Secunho, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

A forma de descartar o lixo está mudando na Fercal. O excesso de sujeira acumulada em sacolas expostas nas ruas está com os dias contados em alguns bairros. A cidade acaba de receber seis papa-lixos, instalados pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU) – veja o endereço dos coletores abaixo. O investimento feito pelo Governo do Distrito Federal (GDF) é de R$ 210 mil.

Com os contêineres semienterrados instalados em vários pontos, a cidade começa a mudar o aspecto e o hábito dos moradores, que passam a procurar os papa-lixos para descartar material usado e inservíveis | Fotos: Joel Rodrigues / Agência Brasília
“Mapeamos muitos pontos onde os moradores colocavam seus resíduos para a coleta de forma desorganizada, jogados de qualquer jeito no chão”, explica o diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira

Ao longo das tardes, é possível observar diversos moradores se dirigindo a pé para uma das lixeiras e deixando seus resíduos. No Setor Boa Vista, que margeia a rodovia DF-250, a novidade agradou. “É bem prático e fácil de usar. E como cabe muita coisa, diminui a sujeira nas ruas”, conta a comerciante Barbara Santos, 33 anos, dona de um restaurante próximo ao coletor. “Usamos todos os dias para depositar sacolas, restos de alimentos, papéis, entre outros”, informa.

Na comunidade Bananal, área rural da região administrativa (RA), os contêineres de ferro já não suportavam o lixo doméstico produzido por cerca de 2,5 mil moradores. E o resultado, além do mau-cheiro, era a presença de vetores de doenças como ratos, mosquitos e baratas, relatam os moradores. “Em 15 dias, a gente já percebe que tudo melhorou. Agora, o povo tem que se conscientizar um pouco mais e jogar o lixo no papa-lixo”, lembra o vigilante Marcos Estrela, 51 anos, residente no bairro.

Dona de um restaurante no Setor Boa Vista, Bárbara Santos elogia a instalação dos papa-lixos, diz que são práticos, fáceis de usar e que colaboram com a diminuição da sujeira nas ruas

Já são 346 em operação

A instalação desses equipamentos só avança no Distrito Federal – já são, até o momento, 346 em operação espalhados por 27 RAs. Trata-se de contêineres semienterrados, com capacidade de até 5 m³, que possibilitam o armazenamento dos resíduos de forma segura, evitando, assim, o descarte irregular. Devem ser utilizados para receber resíduos orgânicos e indiferenciados (fraldas descartáveis, resíduos de banheiros etc).

“Mapeamos muitos pontos onde os moradores colocavam seus resíduos para a coleta de forma desorganizada, jogados de qualquer jeito no chão”, explica o diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira. “Preocupado com a saúde e qualidade de vida da população, o governo investiu nesses equipamentos e está em ritmo acelerado com as instalações”, finaliza.

Diariamente, o SLU esvazia as estruturas com a ajuda de um guindaste, que suspende o coletor e esvazia o conteúdo na caçamba de um caminhão. A Administração Regional da Fercal está colocando sinalizações indicando a presença do papa-lixo nas localidades. “Sem dúvida, vamos melhorar o aspecto da limpeza aqui. E essa coleta é diária, sendo que a comum que já tínhamos era a cada dois dias”, pontua o administrador Fernando Gustavo Silva.

Localização dos papa-lixos
– Setor Boa Vista, Avenida Principal
– Próxima a Escola Classe Boa Vista, na rodovia DF 205
– Comunidade Bananal
– Comunidade Lobeiral
– Fercal 1, Quadra 2, Conjunto A
– Bairro Bela vista, na rodovia DF 150

Seis novos papa-lixos mudam a rotina na Fercal

Últimas Notícias