Fale com o Governo Ações em Destaques

10/3/22 às 11:05, Atualizado em 10/3/22 às 11:06

Abertas 100 vagas para atender mulheres do SLU e com deficiência

Acolhimento vai até esta sexta-feira (11), e as consultas serão agendadas posteriormente

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

O Centro Especializado em Saúde da Mulher (Cesmu) abriu 100 vagas para atender mulheres que trabalham no Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e aquelas encaminhadas pela Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEPD). A ação faz parte da campanha Março Lilás, que chama atenção para o diagnóstico e o tratamento precoce do câncer de colo uterino.

Centro Especializado em Saúde da Mulher conta com estrutura adaptada às necessidades das usuárias | Foto: Divulgação/SES
É preciso fazer agendamento para ter acesso ao serviço

De acordo com estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina. A equipe do Cesmu se preparou para atender as pacientes com deficiência auditiva e conta com o apoio de um intérprete de Linguagem Brasileira de Sinais (Libas). É necessário fazer o agendamento para receber esse suporte. Até o momento, 20 mulheres com deficiência física e auditiva fizeram consultas.

O Cesmu tem macas adaptadas, direcionadas a atender as necessidades individuais de mulheres com deficiência física ou mobilidade reduzida. As interessadas deverão levar documento de identidade, endereço com CEP, número do SUS e o número de telefone para contato. Para participar, é preciso ter mais de 18 anos, estar com o exame preventivo atrasado (pelo menos em um ano) e ter vida sexual ativa.

O atendimento para triagem segue até esta sexta-feira (11) e pode ser agendado por telefone (2017-1249) ou feito diretamente no Cesmu, na 514/515 Sul. Após uma análise individual, a consulta com especialista será agendada conforme o ciclo menstrual de cada paciente. O horário de atendimento é das 7h às 12h e das 13h às 18h.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Últimas Notícias