Fale com o Governo Ações em Destaques

20/3/22 às 14:52, Atualizado em 21/3/22 às 14:58

Semana de atividades vai marcar o Dia Mundial da Água

Lançamento de projeto que recupera 40 hectares da Orla Norte do Lago Paranoá é um dos destaques da programação, que começa na terça (22)

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

O lançamento do Programa Recupera Cerrado, previsto para ser implantado em 40 hectares de áreas degradadas na Orla Norte do Lago Paranoá, e o plantio de árvores para proteger nascentes no Parque de Águas Claras estão entre as principais atividades programadas pela Secretaria do Meio Ambiente a partir desta terça-feira (22), quando se comemora o Dia Mundial da Água.

O plantio de árvores no parque de Águas Claras abre a programação, a partir de 8h30 de terça, com a participação de estudantes do ensino médio do Centro Educacional 4 do Guará I. Em seguida, a turma participa de uma palestra sobre recuperação de nascentes e áreas de preservação permanente no Distrito Federal.

O Recupera Cerrado Orla Norte dá continuidade ao Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas e Danos nas APPs do GDF, que já recuperou 75 hectares na Orla Sul | Foto: Sema-DF

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), por meio do Projeto CITinova – Planejamento Integrado e Tecnologias para Cidades Sustentáveis. A atividade vai contar com a presença do titular da pasta, Sarney Filho, e conta com a parceria da Secretaria de Educação e do Brasília Ambiental.

Também na terça-feira, às 11h, Sarney Filho participa, no Restaurante Comunitário (RC) de Sobradinho II, do evento Um Mergulho na Fonte da Vida, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social. A ação ocorrerá nos 14 RCs do DF e busca incentivar o uso consciente da água e a importância da hidratação para a saúde. As unidades vão expor painéis e apresentar vídeos educativos no horário de almoço.

O webinário Ações para a Preservação dos Recursos Hídricos no DF vai apresentar iniciativas em andamento pelo GDF relacionadas à proteção de nascentes e corpos de água e de ações de recuperação dos recursos hídricos no DF

Além da Sema, são parceiros do evento a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa) e a Administração Regional de Sobradinho II. A Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e o CITinova entram como apoiadores.

No dia 24, entre 9h30 e 12h, o secretário de Meio Ambiente participa do webinário Ações para a Preservação dos Recursos Hídricos no DF, também realizado pela Sema em parceria com o CITinova. Serão apresentadas iniciativas em andamento pelo GDF relacionadas à proteção de nascentes e corpos de água e de ações de recuperação dos recursos hídricos no DF.

A programação conta com apresentação dos projetos Ações de Recomposição da Vegetação Nativa do Projeto CITinova e Recuperação da Orla, pela Sema; Proteção dos Recursos Hídricos, pelo Brasília Ambiental; Recuperação de Áreas de Proteção de Mananciais, pela Caesb, e Programa Florestar, pela Seagri. As inscrições podem ser feitas via internet por este link.

Recupera

No dia 25, é a vez do lançamento do projeto Recupera Cerrado – Orla Norte do Lago Paranoá, às 9h, no Parque Ecológico das Garças. Realizado pela Sema e pelo Instituto Brasília Ambiental, em parceria com a Fundação Banco do Brasil (FBB) e execução do Instituto Espinhaço, o projeto conta com recursos de R$ 1,2 milhão provenientes de compensação florestal. A previsão é de que sejam recuperados 40 hectares.

O Recupera Cerrado – Orla Norte é uma continuação do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas e Danos nas Áreas de Preservação Permanente (APPs) do GDF, que já recuperou 75 hectares na Orla Sul. O objetivo é garantir segurança hídrica, biodiversidade e engajamento socioambiental integrado, com base nas ações de conscientização e preservação ambiental.

Encerrando a semana, no dia 26, às 9h, a Feira da Ponta Norte, realizada na SCLN 216, promove, por meio da Associação Agroecológica da Feira da Ponta Norte, o debate Grito das Águas – Regeneração das Bacias Hidrográficas, com participação da coordenadora executiva do CITinova, Nazaré Soares. Ela vai falar sobre os Sistemas Agroflorestais Mecanizados (SAFs), implantados com recursos do projeto e coordenação da Sema, nas Bacias do Paranoá e do Descoberto, com o objetivo de contribuir com a segurança hídrica do DF.

Confira a programação:

Dia 22 (terça)

8h30: Plantio de mudas e palestra no Parque Ecológico de Águas Claras
11h: Um Mergulho na Fonte da Vida – exposição de painéis e apresentação de vídeos educativos, no Restaurante Comunitário de Sobradinho II

Dia 24 (quinta)

9h30: Webinário: Ações para a preservação dos recursos hídricos no DF. Inscrições pela internet.

Dia 25 (sexta)

9h: Lançamento do projeto Recupera Cerrado – Orla Norte do Lago Paranoá, no Parque Ecológico das Garças

Dia 26 (sábado)

8h às 11h: plantio voluntário, no Parque Ecológico das Garças (Setor de Habitações Individuais Norte QL 15 – Lago Norte, DF).

9h: Debate: Grito das Águas – Regeneração das Bacias Hidrográficas, na Feira Ponta Norte (SCLN 216)

*Com informações da Secretaria de Meio Ambiente do DF

Últimas Notícias