Fale com o Governo Ações em Destaques

1/4/22 às 16:34

Morador consciente recolhe os dejetos de seus animais

SLU faz mobilização no Sudoeste para orientar moradores sobre essa obrigatoriedade legal, que também é uma questão de educação

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) esteve na manhã desta sexta-feira (1º) no Sudoeste para orientar os moradores sobre a importância de recolher os dejetos dos seus animais de estimação, especialmente gatos e cachorros. A atividade de conscientização foi realizada pelas equipes de mobilização social do SLU e da empresa Valor Ambiental, contratada do SLU que atua na cidade, em parceria com a Administração Regional do Sudoeste e Octogonal.

Morador do Sudoeste, Rodrigo Pasturczak considera importante a ação de conscientização: “Vai ajudar bastante a nossa comunidade”, acredita | Fotos: Divulgação/SLU

Os mobilizadores percorreram as ruas da QRSW 1, na área conhecida como Sudoeste Econômico, e conversaram com moradores sobre como o recolhimento dos dejetos dos pets contribui para a limpeza urbana. Um deles foi Rodrigo Pasturczak, morador da região há 15 anos, que passeava com seus cãezinhos Zack e Bento e já estava com a sacolinha pronta para retirar as fezes deles da praça central.

“A responsabilidade de limpar as fezes é do dono, ou seja, de quem cria o pet. Muitas vezes recolho os dejetos hoje e no dia seguinte está tudo sujo novamente” – Expedito das Neves, zelador

“Boa parte dos donos de pet aqui recolhe os dejetos. Muitas vezes, quem não recolhe não faz por mal, mas sim por não saber da proibição ou não entender muito bem o assunto. Essa é uma ação importante de conscientização que vai ajudar bastante a nossa comunidade”, destacou o morador.

Aliados importantes para disseminar informações aos condôminos, os zeladores dos prédios também foram sensibilizados e receberam panfleto sobre o assunto. “A responsabilidade de limpar as fezes é do dono, ou seja, de quem cria o pet. Muitas vezes recolho os dejetos hoje e no dia seguinte está tudo sujo novamente. As pessoas precisam ter mais consciência para que a gente mantenha as residências e cidades limpas”, explicou o zelador do Edifício Free Way, Expedito das Neves.

Aliados importantes para disseminar informações aos condôminos, os zeladores dos prédios também foram sensibilizados e receberam panfleto sobre o assunto

Parceria entre órgãos

A administradora do Sudoeste e Octogonal, Walkiria Garcia, fez questão de estar presente na mobilização. Ela conversou com moradores sobre a questão dos dejetos de pets e ressaltou o valor da parceria entre administração e SLU.

“O SLU é um parceiro nosso aqui no Sudoeste. Tenho certeza que essa mobilização dará resultados e vai sensibilizar muitos moradores. Esse é um trabalho de construção, não acontece tudo de um dia para o outro. As coisas vão mudando em seu próprio ritmo. Agradeço por mais uma parceria do SLU e sei que faremos outras atividades como essa”, disse.

De acordo com a Lei Distrital nº 6202/2018, é de responsabilidade do proprietário, do responsável, do condutor ou do cuidador a remoção imediata dos dejetos ou excrementos fecais deixados pelos animais domésticos nas vias ou logradouros públicos e os danos que causem a terceiros.

Para a coordenadora de mobilização do SLU, Efigênia Lustosa, a recompensa de todo o esforço é contribuir para a mudança de comportamento da população. “A ideia é essa mesmo, fazer barulho, movimentar a comunidade. Toda essa galera está aqui, junta, para passar informação e contribuir com a limpeza urbana e o meio ambiente”.

*Com informações do Serviço de Limpeza Urbana

Últimas Notícias