Fale com o Governo Ações em Destaques

2/5/22 às 16:20, Atualizado em 2/5/22 às 17:44

Escola Classe Ruralzinha, no Riacho Fundo II, terá acesso asfaltado

As obras já começaram nos 800 metros que ligam a escola à via urbana do Riacho Fundo

Catarina Lima, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

Alunos, professores e demais servidores da Escola Classe Ruralzinha, localizada na região do Riacho Fundo II, em breve não terão mais que enfrentar poeira e lama para assistir às aulas. O Programa Caminho das Escolas, realizado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), iniciou nesta semana a obra de pavimentação da estrada de 800 metros que liga a escola à via urbana do Riacho Fundo. O trabalho está sendo realizado por meio de administração direta, em que todo material e maquinário é do próprio DER.

Em breve, a comunidade escolar não terá mais que enfrentar a poeira no período de seca e a lama durante as chuvas | Foto Tony Oliveira/Agência Brasília

A supervisora administrativa da escola, Adenis Alves, diz que a obra de pavimentação da via era esperada há muito tempo. “Vários dos nossos alunos têm problemas respiratórios e quando chega a época da seca eles passam muito mal com a poeira. No período de chuva, o ônibus atola e às vezes as crianças correm riscos de acidentes”, disse Aldenis, lembrando que uma vez o ônibus quase capota com as crianças dentro.

O Caminho das Escolas teve início em 2019, primeiro ano de gestão do governador Ibaneis Rocha, com objetivo de levar asfalto aos acessos entre escolas rurais e a zona urbana

O Programa Caminho das Escolas teve início em 2019, primeiro ano de gestão do governador Ibaneis Rocha. As primeiras escolas rurais a terem asfalto fazendo a ligação entre elas e a zona urbana foram as que estão em regiões do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), todas no Paranoá. As unidades atendidas foram Escola Classe Jardim II, Escola do Classe do Cariru e Escola Classe do Lamarão.

Também foram beneficiadas as escolas do Lago Norte, de Olhos Água (Taquari), Sonhém de Cima, em Sobradinho, e a Universidade de Brasília, que teve o acesso pela Vargem Bonita asfaltado. As próximas a ter o acesso asfaltado são as escolas classes Loberal, Catingueiros e Córrego do Ouro, na Fercal; a Escola Classe Almécegas, em Brazlândia, e Santa Helena, em Sobradinho.

De acordo com o superintendente de obras do DER-DF, Cristiano Cavalcante, o Caminho das Escolas leva dignidade a estudantes, familiares e profissionais da educação. “O programa promove a dignidade e a segurança de toda comunidade escolar”, explicou.

O DER-DF tem ainda 20 projetos de acessos elaborados aguardando recursos para asfaltar mais 150 km. Até agora, foram investidos R$ 57 milhões no Programa Caminho das Escolas.

IMG_3105

Últimas Notícias