Fale com o Governo Ações em Destaques

1/7/22 às 21:19

Assinadas 25 ordens de serviço somando cerca de R$ 500 milhões

Foi autorizado investimento para reformas viárias, construção de equipamentos públicos e intervenções urbanas

Catarina Loiola, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

Foram assinadas, nesta sexta-feira (1°), 25 ordens de serviços para intervenções em todo o Distrito Federal, somando cerca de R$ 500 milhões. A lista extensa é composta por melhorias como reformas em feiras, construção de quadras esportivas e rodoviárias, urbanização e recapeamento de vias.

Três das ordens de serviços são relacionadas a manutenção de estradas da capital federal, sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Foi autorizada a restauração da DF-180, na altura da saída para Goiânia, BR-060 até a DF-290, no Gama, no valor de R$ 14,854 milhões. Mais de 10 mil motoristas serão beneficiados com a pavimentação, sinalização horizontal e vertical da pista, além de obras complementares.

O investimento para a Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig), para a implantação de faixa exclusiva para ônibus no sistema BRT, a construção de nove viadutos, passagens para pedestres e ciclovias será de R$ 132 milhões

Também foi assinada a ordem de serviço para a pavimentação de 2,68 km da DF-205 Oeste, no trecho entre a Comunidade do Boa Vista até o acesso ao Núcleo Rural Catingueiro, na Fercal, no valor de R$ 5,469 milhões. “É um trecho rural em que as comunidades rurais respiravam poeira o ano inteiro, mas agora vão ter o acesso todo pavimentado, sinalizado e com drenagem”, explicou o presidente do DER, Fauzi Nacfur.

Houve ainda a autorização da restauração da VC-341, no Núcleo Rural Casagrande, no entroncamento com a DF-475, no Recanto das Emas, com investimento de R$ 4,97 milhões. A obra passará pelas etapas de restauração da rodovia e sinalização horizontal e vertical, com o intuito de garantir mobilidade a cerca de 25 mil motoristas.

Mobilidade garantida

A Secretaria de Obras e Infraestrutura recebeu aval para seguir com a requalificação da Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig), que prevê a implantação de faixa exclusiva para ônibus no sistema BRT, a construção de nove viadutos, passagens para pedestres e ciclovias. O investimento será de R$ 132 milhões.

No Trecho 1 do Setor Habitacional Sol Nascente, haverá a execução de pavimentação asfáltica, drenagem, instalação de meios-fios, construção de calçadas, sinalização horizontal e vertical, bacias de detenção e a construção de uma ponte para ligação interna entre os trechos 1 e 2. O investimento é de R$ 45,5 milhões

“É um ganho de qualidade imenso para a população. Essa obra encaixa com o corredor de ônibus da ESPM (Estrada Setor Policial Militar) e pode ser o último trecho de grande porte do Corredor Eixo Oeste. Estamos muito felizes de tirar o projeto praticamente do zero e fechar a gestão com ele quase completo”, celebrou o secretário de Obras, Luciano Carvalho, durante o encontro para a assinatura das ordens de serviço.

Também foi permitida oficialmente a segunda etapa da reforma da Avenida Hélio Prates, em Taguatinga, que já está em andamento. O aporte de R$ 42,1 milhões afeta um trecho de 2,1 km, impactando diretamente as quadras QNG 1, 9, 10, 25; CNG 1 5 e 6; QI 1; QNE 27, 29, 31, 33 e 35; e QND 47 a 59. Os serviços incluem a ampliação e remodelação de calçadas, reordenamento e pavimentação de estacionamentos, implantação de ciclovia, paisagismo e mobiliário urbano, e execução de obras no interior do Parque Ecológico do Cortado.

Já no Trecho 1 do Setor Habitacional Sol Nascente, haverá a execução de pavimentação asfáltica, drenagem, instalação de meios-fios, construção de calçadas, sinalização horizontal e vertical, bacias de detenção e a construção de uma ponte para ligação interna entre os trechos 1 e 2. Tudo custará R$ 45,5 milhões.

Na W3 Sul, serão implementados R$ 28,3 milhões para a restauração do pavimento da avenida, incluindo a construção de faixas em pavimento rígido para os ônibus.

Lazer e desporto

Além de obras viárias, o GDF autorizou manutenções em parques e áreas residenciais. A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) deve executar a segunda fase do Parque Sul Águas Claras, que receberá novo paisagismo, pista de skate, quadra esportiva e quadra de tênis, com aporte de R$ 2,8 milhões.

No Noroeste, a companhia é responsável por obras complementares de infraestrutura, como drenagem urbana, pavimentação flexível, sinalização vertical e horizontal, construção de estacionamentos e implantação de meios-fios. A primeira etapa do projeto inclui as quadras 106/306/506/706; 09/309/509; 710; 111, enquanto a segunda etapa abarca as quadras 102/302; 104; 105/305/505/705. Serão R$ 12,4 milhões investidos somente neste contrato.

Em Arniqueira, a ordem de serviço visa a complementação do sistema coletor de esgoto na Quadra 10 do setor, conhecida como Colônia Agrícola Vereda da Cruz, no valor de R$ 6,8 milhões. “Estamos trabalhando para deixar a região completa quando se trata de infraestrutura”, pontua o presidente da Terracap, Izídio Santos.

Confira abaixo a lista com o detalhamento das 25 ordens de serviço assinadas pelo governador, nesta sexta-feira (1º):

Metrô

→ Ordem de serviço para modernização do Sistema de Energia Elétrica da Linha 1 do Metrô. Aporte de R$ 49,9 milhões. Não houve emenda parlamentar.

DER
→ Ordem de serviço para restauração da DF-180, BR-060 até a DF-290 (Gama), no valor de R$ 14.854.501,23.
→ Ordem de serviço para pavimentação de trecho de 2,68 km da DF-205 Oeste, no trecho entre a Comunidade do Boa Vista até o acesso ao Núcleo Rural Catingueiro (Fercal), no valor de R$ 5.469.468,86.
→ Ordem de serviço para restauração da VC-341 (Núcleo Rural Casagrande) entroncamento com a DF-475 ao seu final (Igreja São Francisco), no Recanto das Emas. No valor de R$ 4.970.344,50. Não houve emenda parlamentar.

Novacap

→ Ordem de serviço para revitalização da área pública do Cruzeiro Center – SREC – CL (Cruzeiro Velho), no valor de R$ 2.279.000. Emenda parlamentar do deputado Reginaldo Sardinha.
→ Ordem de serviço para recapeamento em todo o Distrito Federal, no valor de R$ 116.309.326. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para execução de urbanização de estacionamento público em frente ao Educandário Eurípedes Barsanulfo, área pública próxima à Área Especial 3 da Quadra 4 em Sobradinho. Aporte de R$ 629.000. Emenda parlamentar do deputado João Cardoso.
→ Ordem de serviço para implantação da rota turística (1ª fase) – Vila Planalto. Aporte de R$ 3.166.456,65. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para rota acessível do Instituto Federal de Brasília – IFB (São Sebastião). Aporte de R$ 656.500. Emenda parlamentar do deputado Chico Vigilante.
→ Ordem de serviço para a reforma das tesourinhas da Asa Sul, no valor de R$ 5.195.749,84. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para manutenção da feira do P Sul (Ceilândia) – 5% de obra executada. Aporte de R$ 543.760,19. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para manutenção da feira Setor O (Ceilândia), no valor de R$ 472.171,60. Não houve emenda parlamentar.

Secretaria de Agricultura (Seagri)

→ Ordem de serviço para a revitalização de 6,4 km de extensão do Canal do Rodeador, no valor de R$ 7 milhões.

Secretaria de Esporte e Lazer (SEL)

→ Ordem de serviço para construção de dez quadras de areia na Estrutural, Cruzeiro, Fercal, Sobradinho, Sobradinho 2, Brazlândia, Paranoá, Riacho Fundo 2 e Arniqueira.
→ Ordem de serviço para construção de dez quadras de areia em Ceilândia, Planaltina, Gama e Vicente, bem como na Penitenciária Feminina do DF. Aporte total para as 20 quadras é de R$ 1.348.346,95. Não houve emenda parlamentar.

Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob)

→ Ordem de serviço para construção da Rodoviária do Varjão, no valor de R$ 1,5 milhão. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para construção da Rodoviária do Itapoã, no valor de R$ 4,4 milhões. Não houve emenda parlamentar.

Secretaria de Obras do DF (SODF)

→ Ordem de serviço para revitalização da Via Epig (Sudoeste/Octogonal), no valor de R$ 132 milhões. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço da urbanização da avenida Hélio Prates 2ª Etapa – obra já iniciou. (Taguatinga), no valor de R$ 42,1 milhões. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço da urbanização do Sol Nascente – Trecho I (partes Trecho III) – Obras Remanescentes (Sol Nascente), no valor de R$ 45,5 milhões. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço da recomposição da W3 Sul em pavimento rígido (pista da direita), no valor de R$ 28,3 milhões. Não houve emenda parlamentar.

Terracap

→ Ordem de serviço da 2ª fase da obra do Parque Sul Águas Claras (paisagismo, pista de skate, quadra esportiva e quadra de tênis), no valor de R$ 2,8 milhões. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para execução das obras complementares de implantação de infraestrutura – drenagem urbana, pavimentação flexível, sinalização vertical e horizontal e meios-fios e correção de alterações do urbanismo, conforme projetos apresentados (Noroeste), no valor de R$ 12,4 milhões. Não houve emenda parlamentar.
→ Ordem de serviço para complementação do sistema coletor de esgoto na URB 1 do Setor Habitacional Arniqueira, no valor de R$ 6,8 milhões. Não houve emenda parlamentar.

Serviço de Limpeza Urbana (SLU)

→ Ordem de Serviço para início do projeto-piloto Autoeco Social, que consiste na entrega de veículos elétricos a ex-carroceiros, para auxiliar na gestão do papa-entulho. Aporte de R$ 300 mil.

Últimas Notícias