Fale com o Governo Ações em Destaques

4/10/22 às 16:46, Atualizado em 10/10/22 às 13:52

Investimento de R$ 2 milhões para recapeamento de 5 km na EPNB

Estrada Parque Núcleo Bandeirante é mais uma rodovia do Distrito Federal a receber o serviço de fresagem, que já foi feito em vias como os eixos rodoviários Norte e Sul

Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Claudio Fernandes


Brasília, 12 de setembro de 2022 – 
Cerca de cinco quilômetros da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) estão passando pelo serviço de fresagem. A técnica faz a reforma do pavimento desgastado retirando parte do asfalto para ser substituído por uma nova capa asfáltica. O investimento para a correção é de aproximadamente R$ 2 milhões.

A fresagem na EPNB é feita a partir das 21h e envolve 20 trabalhadores; trecho fica entre o Núcleo Bandeirante e o Riacho Fundo | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

O trabalho teve início há uma semana, com operação noturna a partir das 21h envolvendo 20 trabalhadores. O trecho a ser recapeado fica entre o Núcleo Bandeirante e o Riacho Fundo, por onde passam cerca de 80 mil veículos diariamente.

“Esse é um modelo que a nossa gestão adotou, com o qual temos feito trabalhos de recuperação (de asfalto) em trechos maiores. Fresando, reciclando e recapeando, dando uma vida útil maior ao pavimento” Fauzi Nacfur Junior diretor-geral do DER-DF

“Esse é um trecho que estava com o pavimento bastante deteriorado. É uma área de muito trânsito. Os motoristas estavam sentindo um desconforto muito grande com o pavimento”, explica o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), Fauzi Nacfur Junior.

O bombeiro Hederson Oliveira, 50 anos, passa diariamente pela EPNB. A estrada é trajeto para a casa dele no Park Way. “Aqui é uma pista com muitas ondulações. Agora, com esse recapeamento, acho que vai ficar bom”, afirma. Por ser uma região com muito trânsito, ele classifica como positiva a decisão pelos trabalhos serem feitos à noite. “Gostei de estar sendo feito agora, porque não atrapalha quem já sofre com o trânsito”, completa.

Técnica eficiente

Para fazer a fresagem, uma via da EPNB é interditada para que a máquina fresadora possa fazer a retirada dos trechos ruins, que são jogados dentro de um caminhão. Depois, outra máquina passa tratando e recuperando a base para ser colocada uma nova capa asfáltica.

Cerca de 80 mil veículos transitam diariamente pelo trecho que será recapeado

“Esse é um modelo que a nossa gestão adotou, com o qual temos feito trabalhos de recuperação (de asfalto) em trechos maiores. Fresando, reciclando e recapeando, dando uma vida útil maior ao pavimento”, afirma o diretor-geral do DER-DF. A técnica se mostra mais eficiente que os trabalhos comuns de manutenção asfáltica. “Essa é uma forma de tratar o pavimento e aumentar o tempo de manutenção”, complementa.

Eixo Rodoviário Norte e Sul, L4 Sul, QNL (Taguatinga) e DF-001 são algumas das rodovias que tiveram a reforma asfáltica no modelo de fresagem. L4 Norte e Epia estão entre as vias previstas para receber o serviço em breve pelo DER-DF. Os trechos previstos para a fresagem são a área próxima à estação da Caesb e a subida para Sobradinho, respectivamente.

“Onde vai aparecendo a necessidade e tendo fôlego financeiro, vamos fazer. Nosso objetivo é melhorar as vias e rodovias, dando conforto aos nossos motoristas”, garante Fauzi.

Investimento de R$ 2 milhões para recapeamento de 5 km na EPNB

Últimas Notícias