Fale com o Governo Ações em Destaques

6/10/22 às 20:49

Bombeiros reforçam atendimentos do Cadastro Único

Mais de 800 famílias já foram beneficiadas com a parceria entre CBMDF e Secretaria de Desenvolvimento Social

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) fez 806 atendimentos relativos ao Cadastro Único de famílias brasilienses ao longo de nove ações concentradas, realizadas desde agosto. Esse trabalho é fruto de uma parceria firmada com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). De acordo com o termo, a atuação dos militares tem o escopo de reforçar ações previamente programadas aos sábados nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

Militares fazem atendimentos aos sábados nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) | Fotos: Renato Raphael/Sedes

“A grandiosa contribuição dos bombeiros faz parte de uma série de medidas adotadas pela Sedes para viabilizar o atendimento às famílias que precisam atualizar seus dados cadastrais”, destaca a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Entre as medidas citadas pela gestora, destaca-se a reestruturação do quadro de pessoal com a nomeação de mais de mil servidores da carreira de assistência social; a ampliação da carga horária dos trabalhadores de 30 para 40 horas; a abertura de quatro unidades de atendimento; a criação de uma equipe móvel para atendimento nas regiões com maior índice de vulnerabilidade social; e a instalação de mais 14 pontos de atendimento de cadastro único.

Aproximadamente 300 bombeiros já foram capacitados para os atendimentos.

Balanço

Nesta quinta-feira (6), ocorreu reunião entre a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, e o comandante-geral do CBMDF, coronel Alan Alexandre Araújo

Nesta quinta-feira (6), o comandante-geral do CBMDF, coronel Alan Alexandre Araújo, reuniu-se com a secretária Ana Paula Marra para fazer um balanço inicial da parceria. “É possível perceber que a demanda está sendo reduzida gradativamente. Essa união de esforços se mostrou totalmente positiva”, afirmou.

De acordo com o comandante Alan Alexandre Araújo, foram selecionados bombeiros recém-nomeados com maior expertise na área social e outros que estavam na reserva remunerada. “Tivemos o cuidado de, justamente, não desguarnecer o efetivo nas demais atribuições da corporação”, explicou.

Conforme estabelecido no acordo de cooperação, a parceria não tem data para terminar.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social 

Últimas Notícias