Fale com o Governo Ações em Destaques

7/10/22 às 16:15, Atualizado em 8/10/22 às 11:32

Passarela do metrô de Taguatinga é reaberta para pedestres

Com iluminação, corrimãos de aço carbono, sistema de drenagem e acessibilidade, a passagem subterrânea foi devolvida à comunidade nesta sexta (7)

Carolina Caraballo, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

A passagem de pedestre do metrô de Taguatinga já pode ser usada novamente. Nesta sexta-feira (7), a passarela subterrânea que liga a estação na Praça do Relógio ao lado sul da Avenida Central foi entregue à comunidade. O acesso, que já existia, passou por reconstrução junto com as obras do Túnel de Taguatinga.

Antes de ser liberada, a passagem para pedestres também passou por retoques finais nas paredes | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

“Essa passarela dá um conforto grande para os pedestres. É coberta, acessível e foi feita com toda a qualidade”, avalia o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “A faixa de pedestre da Avenida Comercial continua operando como uma segunda opção para quem transita pelo centro de Taguatinga.”

A instalação de grelhas para o escoamento de água marcou a última etapa da obra da passarela do metrô. Feitas de ferro fundido, as grades têm dois tamanhos diferentes. São usados 70 metros do modelo com 15 cm de largura e 14 metros da versão com 20 cm.

“Nesta reta final, destacamos dez operários para trabalhar exclusivamente na passarela”, informa o engenheiro civil André Borges, um dos responsáveis pela construção do Túnel de Taguatinga. Antes de ser liberada, a passagem para pedestres também passou por retoques finais nas paredes. “Elas são feitas de concreto aparente. Para dar um bom acabamento, lixamos e corrigimos as imperfeições”, comenta.

“A reabertura da passagem traz mais agilidade, não só para os usuários do metrô como para os pedestres em geral”, comemora a veterinária Tânia Paula de Lucena, 53 | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Na última semana, o forro do teto do acesso ganhou pintura e as 30 luminárias que clareiam a travessia foram instaladas. O piso tátil para sinalização de pessoas com deficiência também foi fixado. O acesso ainda passou por impermeabilização e recebeu corrimãos com pintura eletrostática há 15 dias.

A veterinária Tânia Paula de Lucena, 53 anos, caminha diariamente pelo centro de Taguatinga e ficou animada com a liberação da passarela. “O sinal de trânsito da Avenida Central demora um pouco para abrir, a gente acaba esperando um pouquinho”, conta. “A reabertura da passagem traz mais agilidade, não só para os usuários do metrô como para os pedestres em geral”.

Passarela do metrô de Taguatinga é reaberta para pedestres

Últimas Notícias