Fale com o Governo Ações em Destaques

14/11/22 às 10:54

Encontro debaterá atendimento a famílias vulneráveis

Programadas para os dias 24 e 25, atividades vão reunir trabalhadores da assistência social e incluir apresentação de resultados de pesquisas

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Estão abertas as inscrições para o Colóquio SituaSuas – Intervenções para uma maior proteção social, marcado para os dias 24 e 25 deste mês. O evento é voltado para todos os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas), incluindo servidores da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e colaboradores de organizações da sociedade civil (OSCs). Presencial, o encontro será realizado no prédio da Fundação Oswaldo Cruz, na UnB.

Colóquio SituaSuas terá a participação de servidores da Sedes e colaboradores da sociedade civil | Foto: Divulgação/Sedes

Com limite de 250 vagas, as inscrições podem ser feitas neste link, que conta com a programação. 

Durante o encontro, serão apresentados os resultados da pesquisa Desenvolvimento e validação de instrumental e de indicadores para avaliar potencialidades, riscos e vulnerabilidades de famílias atendidas no Sistema Único de Assistência Social, elaborada em parceria entre Sedes, Fiocruz-Brasília e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF), responsável pelo financiamento do projeto.

“Vamos apresentar um instrumento que foi desenvolvido para atendimento e acompanhamento que vai auxiliar os profissionais a identificar situações de risco, vulnerabilidade e potencialidades”, explica a psicóloga Acileide Coelho, uma das coordenadoras do trabalho.

“Esse encontro é uma oportunidade para compartilhar pesquisas, estudos e experiências que vão subsidiar a reflexão e a elaboração de ferramentas e estratégias para o aperfeiçoamento das políticas públicas sociais”, aponta a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra. “Esse debate é fundamental para qualificar o atendimento das famílias vulneráveis e o serviço que nós oferecemos por meio das unidades socioassistenciais e OSCs parceiras.”

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social

Últimas Notícias