Fale com o Governo Ações em Destaques

17/11/22 às 20:41, Atualizado em 22/11/22 às 11:37

Vacina em Casa já visitou mais de 100 mil residências no DF

Projeto está mapeando a atual situação da saúde no Distrito Federal a fim de aumentar a cobertura de vacinação contra covid-19, paralisia infantil e outras doenças imunopreveníveis

Agência Brasília* | Edição: Claudio Fernandes

Mais de 100 mil residências já foram visitadas em diversas regiões do Distrito Federal pelos técnicos do projeto Vacina em Casa. Cerca de 80 mil pessoas foram entrevistadas e mais de 30 mil receberam vacina desde o dia 22 de agosto. “O nosso objetivo é aumentar a cobertura de vacinação contra covid-19, paralisia infantil e outras doenças imunopreveníveis aqui no DF”, explica a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

“Queremos atender o maior número de pessoas. Para isso, é muito importante que a população aceite a visita dos nossos técnicos que fazem um importante trabalho” Lucilene Florêncio, secretária de Saúde

Com o Vacina em Casa, os técnicos da secretaria estão fazendo um amplo levantamento que inclui dados sociodemográficos e a atual situação de saúde de cada região. A secretária chama atenção para a importância de as pessoas receberem os trabalhadores de saúde em suas residências. “Queremos atender o maior número de pessoas. Para isso, é muito importante que a população aceite a visita dos nossos técnicos que fazem um importante trabalho”, completa.

Regiões visitadas

Entre os dias 24 de outubro a 8 de novembro, a cidade de Planaltina recebeu o Vacina em Casa. Os técnicos visitaram 23.540 casas, entrevistaram 21.112 pessoas e aplicaram 8.681 doses de vacina. Consultoras nacionais e internacionais de imunizações da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) fizeram visita em campo para acompanhar a execução do projeto.

Nos dias 19 e 20 de novembro, os profissionais do Vacina em Casa estarão no Jardim Botânico | Foto: Agência Saúde

Seguindo o cronograma, logo em seguida, foi a vez dos moradores de Itapoã. No período de 9 a 13 de novembro, os profissionais do programa visitaram 5.917 domicílios, entrevistaram 6.118 pessoas e aplicaram 1.916 vacinas, sendo 418 de covid-19, 550 de influenza e 948 de demais vacinas.

Nos dias 14 e 15 de novembro, os profissionais do Vacina em Casa realizaram atendimento em São Sebastião e Crixás. Já nos dias 16 e 17, estiveram em Capão Comprido. Nos dias 19 e 20, estarão no Jardim Botânico.

De acordo com o coordenador do projeto e da Atenção Primária à Saúde, Fernando Erick Damasceno, as equipes disponibilizam vacinas do calendário vacinal, como covid-19, influenza, pólio, tríplice viral e pentavalente, com exceção da BCG.

“Estamos com baixa cobertura vacinal em todo o país. O DF decidiu assumir esse desafio de vacinar as pessoas em casa para quebrar a resistência da população à imunização”, explica Fernando.

Projeto

O Vacina em Casa vai até o dia 23 de dezembro no Distrito Federal. O projeto é uma parceria do Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Saúde, com a Opas.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Últimas Notícias