Fale com o Governo Ações em Destaques

29/6/23 às 17:17, Atualizado em 30/6/23 às 14:09

Órgãos do GDF recebem premiação do Selo QualiVida

Homenagem é direcionada para o desenvolvimento da qualidade de vida no trabalho e valorização dos servidores

Carol Caraballo e Jak Spies, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

O 1º Encontro Anual de Qualidade de Vida no Trabalho ocorreu nesta quinta-feira (29) no auditório da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Durante a cerimônia, houve a entrega do selo QualiVida aos órgãos e entidades da administração direta, autárquica e fundacional do DF.

O evento foi promovido pela Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali) da Secretaria de Fazenda (Sefaz). “O papel da Secretaria de Fazenda hoje está sendo além dos números, trabalhando com qualidade de vida”, afirmou o secretário da pasta, Itamar Feitosa.

A secretária-executiva de Fazenda, Gilvanete Mesquita; o secretário-executivo de Valorização e Qualidade de Vida, Epitácio Júnior; o controlador-geral do DF, Daniel Lima; o secretário da Fazenda, Itamar Feitosa, e a subsecretária de Valorização do Servidor, Tânia Monteiro, com os representantes das pastas premiadas | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O selo QualiVida avalia iniciativas de qualidade de vida no trabalho, de acordo com os seguintes eixos temáticos: saúde e bem-estar, profissional, estrutura, estima e pessoal. Segundo o secretário-executivo de Valorização e Qualidade de Vida, Epitácio Júnior, o foco do prêmio é destacar o papel do órgão junto aos seus servidores e colaboradores.

“É cuidar de quem cuida. Além de ajudar na melhoria das condições de trabalho, identifica o que o servidor precisa”, reforçou a subsecretária de Valorização do Servidor da Sequali, Tânia Monteiro.

Confira as iniciativas vencedoras de cada pasta.

⇒ Categoria Autarquia

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) levou ouro na categoria de autarquias. A pasta elaborou o Plano de Qualidade de Vida do Servidor, no final de 2021, com foco nos servidores efetivos, comissionados e colaboradores, abrangendo cerca de 500 profissionais.

“Os profissionais se sentem acolhidos, valorizados. Muda até o engajamento no trabalho” Lucimar Gomes, gerente de Capacitação e Atenção ao Servidor do SLU

O SLU registrou cerca de 800 participações em cursos, palestras e bate-papos, entre outros eventos organizados em 2022. “Percebemos uma receptividade muito boa por parte dos nossos funcionários”, contou a gerente de Capacitação e Atenção ao Servidor do SLU, Lucimar Gomes. “Os profissionais se sentem acolhidos, valorizados. Muda até o engajamento no trabalho”.

Entre as iniciativas pensadas pela autarquia está o Plano Anual de Capacitação, palestras de autoconhecimento, acompanhamento psicossocial, ginástica laboral e eventos temáticos, como a Semana da Mulher. “Foram quatro dias de atividade organizadas na sede do SLU. Tivemos aulas de dança, espaço de saúde com aferição de pressão alta, bate-papos e uma sessão pipoca, com exibição de filme no nosso auditório”, detalhou Lucimar.

O SLU também dedica atenção a quem está se despedindo da autarquia. Muitos desses funcionários participam do Programa de Orientação para Aposentadoria, que oferece acesso a assistentes sociais para tirar dúvidas sobre planejamento financeiro. “Essas conversas também servem para mostrar que é possível se manter ativo mesmo estando aposentado”, acrescentou Lucimar.

⇒ Categoria Secretaria

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) recebeu ouro no segmento de secretarias do GDF. Entre as iniciativas implementadas no ambiente de trabalho, está a Comissão Permanente de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Sexual (CPPEAS), no âmbito do sistema socioeducativo, o projeto mais bem-pontuado em saúde e bem-estar da Sejus pela banca avaliadora da Sequali.

Outros projetos de cuidado do servidor que tiveram destaque na pasta foram o Blitz do Na Hora, que promove ginástica laboral nas unidades, o Plano Anual de Capacitação da Sejus e a iniciativa Cuidando de Quem Cuida, da Subsecretaria de Apoio às Vítimas de Violência (Subav), que envolveu três ciclos de palestras sobre autocuidado.

“Em um ambiente saudável, há diminuição dos afastamentos por motivo de doenças decorrentes de atividades laborais, além da promoção de um ambiente digno, decente, significativo e de excelência” Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

Após o lançamento da plataforma Sejus.Aprender, os servidores também puderam acessar os cursos Cuidar sem se esgotar: aprendendo a criar espaços seguros para si e para outrosAmbientação para servidores da assistência social, além de um curso de educação financeira, mediação de conflitos no âmbito da Controladoria Setorial de Justiça e preparação para a aposentadoria no âmbito do Na Hora.

A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, destacou que investir em qualidade de vida no trabalho é melhorar a produtividade, tendo como resultado a qualidade do serviço prestado ao cidadão. “Em um ambiente saudável, há diminuição dos afastamentos por motivo de doenças decorrentes de atividades laborais, além da promoção de um ambiente digno, decente, significativo e de excelência. A gestão institucional se volta para o bem-estar no trabalho e a promoção de um espaço humanizado”, pontuou.

⇒ Categoria Fundação

“Apesar de todas as dificuldades que a FAPDF tem, como o quadro reduzido de servidores, estamos sempre focados na melhoria da qualidade de vida para obter um trabalho qualificado” Marco Antônio Costa Júnior, presidente da FAPDF

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) foi a primeira colocada na categoria fundação. A pasta aderiu à Proposta da Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT), implementada desde 2021. Entre as iniciativas desenvolvidas, há o programa de incentivo à pós-graduação para os servidores, o fomento de curso de mestrado e um curso de inglês, além da capacitação dos servidores para o desempenho de funções gerenciais e de liderança.

“A pontuação final reflete os desafios e as estruturas de cada um desses segmentos. Apesar de todas as dificuldades que a FAPDF tem, como o quadro reduzido de servidores, estamos sempre focados na melhoria da qualidade de vida para obter um trabalho qualificado”, destacou o presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Júnior.

Na categoria Órgãos especializados e órgãos autônomos, a Controladoria-Geral do DF ficou com o ouro do Selo QualiVida 2023. O controlador-geral do DF, Daniel Lima, esteve presente na premiação e destacou a importância e o reconhecimento do Selo, que é resultado da união das unidades da CGDF com o objetivo final proposto pelo Programa de Qualidade de Vida do GDF. “Se tem uma coisa importante em todas as instituições são os servidores. Eu sou o que sou e estou onde estou graças aos servidores que trabalham comigo e a cada dia nós buscamos melhorar o ambiente de trabalho de cada servidor da controladoria”, explicou Daniel Lima.

Valorização dos servidores

O Selo QualiVida foi instituído pelo Decreto nº 42.375/2021, o qual atesta que o órgão ou entidade da administração pública do Distrito Federal adota boas práticas de governança em relação à qualidade de vida no trabalho e à valorização do servidor.

Órgãos do GDF recebem premiação do Selo QualiVida

Últimas Notícias