Fale com o Governo Ações em Destaques

26/7/23 às 13:03

Plano Distrital da Juventude será discutido em escolas da rede pública

SEFJ dá início à nova rodada de debates sobre Plano distrital com jovens das regiões administrativas do DF

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

Após a primeira etapa de audiências públicas realizadas, a Secretaria da Família e Juventude (SEFJ) vai dar início à segunda fase das discussões sobre o Plano Distrital da Juventude (PDJ) que irá definir as políticas públicas para a juventude do DF nos próximos dez anos.

Audiência com a juventude partidária, realizada no dia 19 de julho | Foto: Divulgação/SEFJ

Desta vez, em parceria com a Secretaria de Educação por meio das coordenações regionais de ensino, os alunos do ensino médio da rede pública receberão a SEFJ para indicar as suas propostas. O cronograma das audiências foi publicado no Diário Oficial de sexta-feira (21). O Centro de Ensino Médio 01 do Gama será a primeira escola a receber a audiência.

“Não dá para formular políticas públicas sem ouvir realmente quem será impactado. Esse governo tem o compromisso de ouvir e atender toda a população nas suas diferentes necessidades” Rodrigo Delmasso, secretário da Família e Juventude do DF

A secretaria já se reuniu com a juventude partidária, com os jovens atendidos pelos centros de juventude e também com representantes religiosos. O próximo público a ser ouvido será o dos movimentos sociais, no dia 2 de agosto, na sede da SEFJ, localizada no Setor Comercial Sul – Quadra 04, Edifício Luiz Carlos Botelho, 5° andar. Na sequência do calendário das audiências, a SEFJ segue para a escuta e debate com estudantes das escolas públicas.

Para o secretário Rodrigo Delmasso, levar o debate para as salas de aula reforça a participação ativa dos jovens na formulação do PDJ, de forma a ampliar a voz deles na indicação de propostas feitas por eles mesmos e que correspondem diretamente à sua realidade. “Não dá para formular políticas públicas sem ouvir realmente quem será impactado. Esse governo tem o compromisso de ouvir e atender toda a população nas suas diferentes necessidades. Nós temos a missão de servir a família e a juventude do DF e é nisto que estamos empenhando recursos”, destacou.

De forma dinâmica e participativa, os jovens podem apontar nas audiências suas sugestões sobre os 11 eixos temáticos: Cidadania, participação social e política e representação juvenil; Educação; Profissionalização, trabalho e renda; Garantia da igualdade; Saúde da juventude; Cultura; Comunicação e liberdade de expressão; Desporto e lazer; Território e mobilidade; Sustentabilidade e meio ambiente; Segurança pública e acesso à Justiça.

É muito importante para que eles tenham noção dos direitos que eles têm e muitas vezes não sabem. Muitos não sabem que possuem direito ao passe estudantil e participar da construção de um documento como esse é de extrema importância. O debate em sala de aula também será de grande relevância”, avaliou a professora de Artes do CED 01 da Estrutural, Elaine Almeida, após participar da audiência pública no Centro de Juventude da Estrutural.

Quem não puder participar presencialmente, poderá indicar as suas propostas contribuindo com a consulta pública online neste link.

Calendário das audiências públicas

→ 21/8: CEM 01 do Gama, das 9h às 10h30 e das 15h às 16h30
→ 22/8: CEM 414 de Samambaia, às 9h e às 15h
→ 23/8: CEM 310 de Santa Maria, às 11h e às 13h
→ 24/8: CEM 03 de Ceilândia, 9h30; CED Incra 8 de Brazlândia (à tarde, horário a definir)
→ 25/8: CEM 01 de Sobradinho, das 8h30 às 10h e das 14h50 às 16h20
→ 28/8: CEM 804 do Recanto das Emas (horário a definir)
→ 29/8: CEM 03 de Taguatinga, às 9h e às 15h
→ 30/8: CED 11 de Ceilândia (matutino/vespertino, horário a definir)
→ 31/8: CEM 02 de Planaltina, das 10h às 11h30
→ 1/9: CEM 01 do Paranoá, às 10h30 e às 13h
→ 4/9: CEM Urso Branco, Núcleo Bandeirante, às 9h
→ 5/9: CEM 01 do Guará, às 10h, e Plano Piloto, às 16h.

*Com informações da Secretaria da Família e Juventude do DF

 

Últimas Notícias