Fale com o Governo Ações em Destaques

20/9/23 às 13:40, Atualizado em 20/9/23 às 13:52

GDF realiza simulação de acidente com material inflamável

Ação contou com envolvimento de cerca de 150 servidores das forças de segurança e funcionários de empresas privadas que atuam com materiais perigosos

Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Igor Silveira

As forças de segurança do Distrito Federal e as empresas integrantes do Plano de Auxílio Mútuo (PAM) participaram, nesta quarta-feira (20), de uma simulação de acidente automobilístico envolvendo material inflamável. A ação ocorreu na Rota de Segurança, no Setor de Inflamáveis (SIN), e contou com a atuação de cerca de 150 funcionários das empresas privadas e dos órgãos do GDF.

O objetivo da ação é preparar os funcionários da iniciativa privada e das forças de segurança do DF para lidarem com situações emergenciais de risco envolvendo produtos perigosos | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Na ocasião, houve a simulação de uma colisão entre um caminhão-tanque, abastecido a diesel, com um ônibus de transporte coletivo com passageiros fictícios. Durante a simulação, os envolvidos precisaram atuar no socorro às vítimas e no combate ao princípio de incêndio e ao vazamento do combustível.

O objetivo da ação é preparar os funcionários da iniciativa privada e das forças de segurança do DF para lidarem com situações emergenciais de risco envolvendo produtos perigosos.

“Essa simulação é fundamental porque as grandes empresas têm seus planos de combate à emergência e é importante que a gente saiba como é a atuação deles para que possamos dar o apoio necessário”, afirmou o coordenador de Operações da Defesa Civil do DF, tenente-coronel Gabriel Mota de Carvalho.

Na ocasião, houve a simulação de uma colisão entre um caminhão-tanque, abastecido a diesel, com um ônibus de transporte coletivo com passageiros fictícios

De acordo com ele, a simulação também aperfeiçoa a atuação dos órgãos do GDF em casos de emergências de risco com produtos perigosos. “O mais importante para o governo é entender as competências de cada órgão e saber qual é a sua a atuação. Essa atividade treina a equipe para atuar em caso de um acidente como esse realmente acontecer no DF, sabendo da competência dos órgãos e cada um atuando de forma integrada no socorro”, defendeu.

A simulação contou com a atuação de diversos órgãos do governo, como o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), Defesa Civil, Departamento de Trânsito (Detran-DF), Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do DF (Seagri-DF), Instituto Brasília Ambiental, Exército Brasileiro, Companhia de Saneamento Ambiental e Secretaria de Saúde do DF (SES-DF).

PAM

O Plano de Auxílio Mútuo (PAM) é uma colaboração entre órgãos e forças de segurança do Governo do Distrito Federal (GDF) com empresas voluntárias do ramo de combustíveis e inflamáveis com o objetivo de preparar e capacitar profissionais para traçar protocolos de atuação em situações emergenciais.

Durante a simulação, os envolvidos precisaram atuar no socorro às vítimas e no combate ao princípio de incêndio e ao vazamento do combustível

Atualmente, 15 empresas do ramo de manejo de produtos perigosos integram o PAM, cuja subcoordenação compete à Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil do DF.

“O PAM é a união das empresas que atuam em casos de emergências. O simulado vem justamente para agregar a atuação dos órgãos do governo junto à iniciativa privada no socorro a uma eventual emergência, que pode acontecer em qualquer local, em qualquer ambiente”, defendeu o coordenador do PAM, Dilson Oliveira de Souza.

Além do PAM, o DF conta com a Comissão Distrital do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos (CD-P2R2), que tem o objetivo de trazer estratégias para garantir a segurança dos funcionários de manejo de produtos perigosos.

GDF realiza simulação de acidente com material inflamável

Últimas Notícias