Fale com o Governo Ações em Destaques

22/9/23 às 08:51, Atualizado em 22/9/23 às 09:53

Governo supera 41 mil doses de vacinas aplicadas em escolas e creches do DF

Iniciativa da Secretaria de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação leva imunização para alunos, professores e funcionários

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

A Secretaria de Saúde (SES-DF) superou a marca de 41 mil doses de vacinas aplicadas em 2023 apenas nas escolas e creches públicas da Secretaria de Educação (SEE-DF). A iniciativa das duas pastas foi anunciada em junho, como um esforço coletivo para ampliar as coberturas vacinais no Distrito Federal. Até agora, mais de 230 escolas e creches foram beneficiadas. A dose de número 41 mil foi aplicada nessa quinta-feira (21), durante uma ação realizada na Escola Classe (EC) 33, no Setor O de Ceilândia.

Realizada pela equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) 7 de Ceilândia, a ação na EC 33 resultou na aplicação de mais de 300 doses para crianças entre 4 e 12 anos. Foram aplicadas vacinas contra a covid-19 e a gripe (influenza), além daquelas previstas para essas faixas etárias, protegendo de doenças como meningite, febre amarela, hepatite e sarampo, entre outras.

Parceria entre as secretarias de Saúde e de Educação já permitiu a aplicação de mais de 41 mil doses de vacinas em escolas no DF em 2023 | Fotos: Jhonathan Cantarelle/Agência Saúde-DF

De acordo com a vice-diretora da EC 33 de Ceilândia, Paula Adriana Freitas, as famílias e os estudantes aprovaram a iniciativa. “Algumas crianças falam da relevância disso. Elas entendem que estão participando de uma coisa muito importante”, conta.

A vendedora Tainara Ferreira, mãe do Isaque Gabriel, de 4 anos, elogiou o fato de a imunização ocorrer dentro da escola. “Ele estava com três vacinas atrasadas e foi mais fácil fazer aqui mesmo”, diz. Todas as crianças atendidas precisaram levar de casa uma autorização dos pais ou responsáveis e ficaram com os cartões de vacina atualizados.

Funcionária da EC 33 de Ceilândia, Irenece Maria de Jesus aproveitou o dia de vacinação para reforçar a proteção contra a covid-19

A vacinação nas escolas foi além das crianças. Responsável pelo preparo do lanche dos alunos, Irenece Maria de Jesus argumenta que cuidar da própria saúde também é uma forma de proteger os alunos. “É nosso dever como cidadão. Mas nem sempre dá tempo de tomar a vacina”, opina. Ela recebeu o reforço da covid-19 com a bivalente.

Para a enfermeira Luzimar dos Santos, servidora da SES-DF, o trabalho no ambiente escolar é uma realização, pois amplia significativamente o número de vacinados em um único dia. “É uma satisfação, porque o objetivo da Atenção Primária à Saúde é a proteção e a prevenção às doenças”, afirma.

Governo supera 41 mil doses de vacinas aplicadas em escolas e creches do DF

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Últimas Notícias