Fale com o Governo Ações em Destaques

20/10/23 às 20:57, Atualizado em 4/11/23 às 11:17

GDF leva planetário móvel para a 20ª Semana de Ciência e Tecnologia

Imersão no mundo da astronomia é uma das ações do governo na feira nacional. Atrações podem ser visitadas até domingo (22), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Josiane Borges, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

O Governo do Distrito Federal (GDF) marca presença em um dos maiores eventos de ciência, tecnologia e inovação do país. Até domingo (22), aqueles que visitarem a 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, evento gratuito realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, poderão conferir os estandes do governo e experimentar a imersão no planetário móvel.

A 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, um evento gratuito realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, terá estandes do governo para o visitante experimentar a imersão no planetário móvel | Fotos: Lucio Bernardo Jr/Agência Brasília

Na estrutura montada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Universo ganha vida diante dos olhos dos espectadores, em uma instalação móvel com aproximadamente 7 metros de diâmetro. Até 30 pessoas por vez podem acompanhar uma apresentação e um filme sobre o sistema solar, em uma versão reduzida do Planetário de Brasília.

Além do Planetário de Brasília, o GDF levou para a exposição outros órgãos do governo, como a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), o Instituto Brasília Ambiental, o Jardim Botânico, o Museu Vivo da Memória Candanga e o Jardim Zoológico

“A Sectic trouxe uma experiência do Planetário para a feira, oferecendo apenas uma pequena parcela para divulgar e promover a difusão científica em Brasília. Eventos como esse enriquecem e estimulam o interesse das crianças pela ciência, tecnologia e inovação. Temos uma parte didática e um vídeo com uma demonstração do sistema solar”, destaca o diretor do Planetário, Júnior Berbet.

O estudante Kauã Belchior estava empolgado. Ele foi um dos participantes que acompanharam a apresentação dentro do Planetário móvel. “Achei a experiência muito bacana, sou apaixonado pelo Universo, e quando vi a estrutura, quis entrar imediatamente. Vi os planetas, o Sol e cometas. A união do governo entre tecnologia e ciência traz benefícios para todos”, acredita.

A jovem Aldely Oliveira falou sobre a oportunidade de aprendizado no evento: “Conhecemos alunos de outros estados, fazemos amizades e experimentamos coisas novas, como robótica. Acho a ideia do governo muito bacana, mostrando que se importa com a gente, trazendo cultura, projetos e ideias novas e até mesmo ampliando nosso conhecimento”

Além da unidade móvel, a pasta mantém um estande com informações e diversos materiais sobre o equipamento público. “Trouxemos também uma ferramenta que simula uma órbita elíptica, mostrando o movimento dos planetas ao redor do Sol. Também temos um telescópio demonstrativo para que as pessoas entendam como funciona. Tudo isso para convidar o público a conhecer o Planetário de Brasília”, acrescenta Berbet.

Estandes do GDF

Além do Planetário de Brasília, o GDF levou para a exposição outros órgãos do governo, como a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), o Instituto Brasília Ambiental, o Jardim Botânico, o Museu Vivo da Memória Candanga e o Jardim Zoológico, formando uma rede de instituições com o objetivo de criar um ambiente de divulgação científica do DF.

Nos estandes, as instituições apresentaram dicas e orientações sobre educação ambiental, unidades de conservação ambiental do DF, qualidade e quantidade da água no DF, bacias hidrográficas, sustentabilidade e uso consciente da água, acervos fotográficos e relíquias da construção de Brasília, entre outras informações científicas.

A professora da rede pública de ensino do DF, Leide Rozane, acompanhava uma turma de alunos visitantes e expositores no espaço, apresentando o acervo científico confeccionado durante as aulas na escola, e enfatizou a importância da exposição para os estudantes.

“É muito importante as temáticas apresentadas que estão relacionadas ao nosso cotidiano, e aqui eles podem observar de perto e ter contato. Estamos com dois estandes e mostrando que a escola pública está desenvolvendo um ótimo trabalho. Nossos alunos estão apresentando experiências sobre perícia criminal e questões relacionadas a foguetes, com foco em ciência, física, química e biologia”, diz a professora do Centro de Ensino Médio Integrado (Cemi) de Taguatinga.

A jovem Aldely Oliveira era uma das expositoras da feira e também comentou sobre a ampla oportunidade de aprendizado no evento. “Conhecemos alunos de outros estados, fazemos amizades e experimentamos coisas novas, como robótica. Acho a ideia do governo muito bacana, mostrando que se importa com a gente, trazendo cultura, projetos e ideias novas e até mesmo ampliando nosso conhecimento”, afirma a estudante.

Serviço
20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
– Quando: Até 22 de outubro
– Horário: Das 9h às 17h
– Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

20/10/2023 - GDF leva planetário móvel para a 20ª Semana de Ciência e Tecnologia

Últimas Notícias