Fale com o Governo Ações em Destaques

7/11/23 às 10:46, Atualizado em 7/11/23 às 13:37

Encontro internacional discute design ambiental para prevenção de crimes

A SSP-DF, primeira a implementar o modelo no país, participou de evento em São Paulo

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

Interação com especialistas de diversas áreas de arquitetura e segurança pública para levar conhecimento das áreas específicas e experiências globais com as melhores práticas na prevenção do crime urbano. Essa foi a pauta do encontro internacional Safe Cities by People (Cidades Seguras Para Pessoas), em São Paulo (SP).

“Cidades de todo o mundo estão inovando em busca de soluções sustentáveis, com a redução do crime e do medo do crime. No Distrito Federal não será diferente”, disse o subsecretário de Integração de Políticas em Segurança Pública, Jasiel Fernandes, em São Paulo | Foto: Divulgação/SSP-DF

Entre os temas abordados no encontro estavam projetos de uso do solo, planejamento de transportes, sustentabilidade, segurança e política habitacional. O subsecretário de Integração de Políticas em Segurança Pública, Jasiel Fernandes e equipe participaram do evento, realizado no fim de outubro, para falar sobre a integração de políticas públicas de segurança pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para a prevenção criminal do Distrito Federal.

“Devemos sempre levar em consideração a territorialidade, que é a observação de espaços abandonados e que podem ser comprometidos” Isângelo Senna, assessor especial da Subsecretaria de Gestão da Informação da SSP-DF

“Nosso principal papel é o de apresentar nossas conquistas e aprender com os outros países especialistas a fim de melhorar nosso conjunto de estratégias que, por meio do design apropriado e do uso efetivo dos espaços por usuários legítimos, reduziremos tanto o medo do crime quanto à possibilidade de eventos criminais em espaços públicos e privados. Cidades de todo o mundo estão inovando em busca de soluções sustentáveis, com a redução do crime e do medo do crime. No Distrito Federal não será diferente”, afirmou Jasiel.

O encontro, em que participaram profissionais de segurança, arquitetos, urbanistas, estudantes de arquitetura e urbanismo, agentes de segurança, prefeitos e políticos, tem a proposta de promover a interação e integralidade de experiências, abordando possibilidades que podem efetivamente melhorar a qualidade de vida da população.

“Debates inovadores como a prevenção criminal por meio do design do ambiente são extremamente relevantes para a segurança pública, pois impactam diretamente na segurança e percepção desta por parte da população. Em nossa nova política de integralidade na segurança pública, temos um eixo específico que desenvolve ações voltadas à criação de espaços seguros para, por meio do controle de desordens e outras medidas, desconstruir fatores de medo e insegurança”, ressalta o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

Segundo o assessor especial da Subsecretaria de Gestão da Informação da SSP-DF, Isângelo Senna, referência internacional no assunto, a aplicação da estratégia Crime Prevention Through Environmental Design (CPTED) depende de três parâmetros. “Devemos sempre levar em consideração a territorialidade, que é a observação de espaços abandonados e que podem ser comprometidos; a manutenção, em relação a ambientes que acabam sendo atraídos pelo crime devido à sua condição física, como espaços com pichação, lixo e carcaça; e a vigilância natural, que é o conceito de ver e ser visto, como promover podas de árvore e melhorar a iluminação pública para aumentar a sensação de segurança”, definiu.

No encontro em São Paulo estiveram presentes representantes da África do Sul, Chile, Austrália, França, Argentina, Índia e Brasil, que discutiram temas como urbanismo, arquitetura, projeto e desenho dos espaços urbanos, mobilidade e ação policial. Os especialistas puderam contribuir com suas experiências e contribuir para a ampliação do desenvolvimento de políticas públicas que aumentem a qualidade de vida da população.

Crime Prevention Through Environmental Design (CPTED) é uma metodologia desenvolvida há mais de 40 anos na redução do crime e do medo do crime urbano, por meio de uma abordagem ligada a aspectos da natureza humana e suas manifestações no desenho e no uso das cidades pelas pessoas.

O CPTED passa a ser utilizado pela SSP-DF para o mapeamento de desordens no Distrito Federal, se transformando na primeira secretaria no Brasil a implementar o CPTED como política pública de Estado. Os relatórios e inventários vão auxiliar no entendimento do problema e na proposição de medidas para maior segurança da população.

*Com informações da SSP-DF

 

Últimas Notícias