Fale com o Governo Ações em Destaques

21/11/23 às 15:19, Atualizado em 21/11/23 às 15:39

Dia Nacional da Homeopatia é comemorado nesta terça (21)

‌Data celebra a chegada da prática holística ao Brasil. No DF, a especialidade é oferecida na rede pública desde 2003

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

Um método terapêutico que trata o ser humano de maneira global. Uma especialidade médica que não foca na doença em si, mas, sim, na forma como o indivíduo reage ao meio em que vive. A homeopatia comemora, nesta terça-feira (21), 183 anos de prática em solo brasileiro. Foi em 21 de novembro de 1840 que o homeopata francês Benoit Jules Mure chegou ao país para difundir o tratamento holístico em terras tropicais. Na data, é celebrado o Dia Nacional da Homeopatia.

“Para o médico homeopata, a forma como a pessoa responde ao estresse, ao clima e até aos alimentos é levada em consideração na hora de escolher um medicamento” Maria de Fátima Della Côrte Marquez, pediatra

“Para o médico homeopata, a forma como a pessoa responde ao estresse, ao clima e até aos alimentos é levada em consideração na hora de escolher um medicamento”, explica a pediatra Maria de Fátima Della Côrte Marquez, referência técnica distrital em homeopatia no Distrito Federal. “É uma prática que ajuda o paciente em aspectos que vão muito além da cura de uma doença, oferecendo uma melhora comportamental e até cognitiva.”

No Distrito Federal, a homeopatia é reconhecida como especialidade médica pela Secretaria de Saúde (SES-DF) desde 2003, quando foi realizado o primeiro concurso público para a área. Com nove médicos homeopatas em seu quadro, o sistema público de saúde realizou 6.238 atendimentos em 2022. Até agosto deste ano, 4.715 pacientes já haviam optado pelo tratamento holístico.

Rede pública

A homeopatia é reconhecida como especialidade médica pela Secretaria de Saúde (SES-DF) desde 2003, quando foi realizado o primeiro concurso público para a área | Foto: Breno Esaki/ Arquivo Agência Saúde DF

O acesso à especialidade é feito pelo Complexo Regulador do DF, sistema que organiza a oferta de vagas e a demanda da comunidade. “O paciente deve procurar uma UBS [Unidade Básica de Saúde] para expressar o desejo de ser atendido por um homeopata. O médico da família ou uma enfermeira vai encaminhar esse pedido ao sistema regulador para que a consulta seja marcada na unidade mais próxima”, explica Maria de Fátima.

O tratamento é oferecido em oito unidades públicas de saúde: no Centro Especializado em Diabetes, Obesidade e Hipertensão (208 Norte), no Adolescentro (605 Sul), no Centro Especializado em Saúde da Mulher (514/515 Sul) e nas policlínicas de Taguatinga, Lago Sul, Asa Norte, Riacho Fundo e Guará.

Para todos

Não existe contraindicação para o uso da homeopatia – todas as idades podem se beneficiar do método, assim como todas as patologias podem ser tratadas com o método. “Ela é muito eficaz no combate às alergias, por exemplo”, comenta Maria de Fátima. Em alguns casos, entretanto, a especialidade precisa atuar em parceria com medicamentos convencionais.

“A homeopatia não é um tratamento exclusivista. Quando necessário, ela pode ser usada de forma coadjuvante ao tratamento alopático”, observa a médica. “Um paciente diabético e hipertenso, que usa um determinado medicamento há anos, pode conseguir reduzir a dosagem com a ajuda da homeopatia. Isso ajuda a minimizar os efeitos colaterais causados por algumas drogas alopáticas”.

21/11/2023 - Dia Nacional da Homeopatia é comemorado nesta terça (21)

Últimas Notícias