Fale com o Governo Ações em Destaques

27/11/23 às 19:39

Brasília recebe 6ª edição da Feira de Soluções para a Saúde

A vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão, esteve na abertura do evento: "Nós queremos que o Distrito Federal seja laboratório para tecnologias"

Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

A vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão, participou da abertura oficial da 6ª edição da Feira de Soluções para a Saúde, iniciada nesta segunda-feira (27), no Millenium Convention Center, em Brasília. Com o tema “Transformação Digital na Saúde”, o evento terá ao longo de três dias a mostra de 56 inovações e a participação de 80 palestrantes a uma plateia formada por gestores, profissionais de saúde, empresários, acadêmicos e representantes de movimentos sociais, dentre outros.

Durante abertura da 6ª Feira de Soluções para a Saúde, a vice-governadora destacou necessidades de digitalização dos serviços públicos de saúde e os esforços das bancadas de parlamentares na disponibilização de recursos | Fotos: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

“Nós queremos que o Distrito Federal seja laboratório para tecnologias”, afirmou a vice-governadora durante a abertura da feira. Ela destacou as necessidades de digitalização dos serviços públicos de saúde e os esforços das bancadas de parlamentares na disponibilização de recursos, além da integração de serviços e sistemas. “Está no momento de deixarmos um legado para o Brasil”, completou.

Presidindo a feira, a secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, detalhou os ganhos esperados com os avanços digitais, como integração de sistemas, velocidade na assistência e fortalecimento da regulação dos serviços. “A capital do país precisa caminhar e caminhar a passos largos”, afirmou. A gestora lembrou ainda da meta de ampliação de serviços de telemedicina, além de experiências bem-sucedidas já apresentadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF), como o projeto-piloto de rastreabilidade de medicamentos, iniciado no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

A importância da tecnologia na gestão foi ressaltada pelo diretor executivo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Brasília, Juliano Carvalho de Lima. “Informação hoje é ativo fundamental para qualquer instituição”, diz. Em sua fala, representando o presidente da fundação, ele destacou a necessidade de soluções inovadoras na ampliação do direito aos serviços de saúde. “As novas tecnologias devem estar à serviço da sociedade”, acrescenta.

Com o tema “Transformação Digital na Saúde”, o evento terá ao longo de três dias a mostra de 56 inovações e a participação de 80 palestrantes a uma plateia formada por gestores, profissionais de saúde, empresários, acadêmicos e representantes de movimentos sociais, dentre outros

A abertura oficial também contou com a presença do presidente do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda Júnior; da diretora da Fiocruz Brasília, Fabiana Damásio; superintendente Científica, Tecnológica e de Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPDF), Renata Vianna; do subsecretário de Planejamento em Saúde da SES-DF, Rodrigo Vidal da Costa; e do coordenador do evento, Wagner Martins. Também esteve presente a secretária de Informação e Saúde Digital do Ministério da Saúde, Ana Estela Haddad, que ministrou a palestra magna de abertura, com o tema “Transformação digital no Sistema Único de Saúde (SUS)”.

Homenagem

A solenidade de abertura contou também com uma homenagem ao médico, professor e pesquisador Luiz Carlos Lobo, pioneiro e referência nacional no tema de tecnologia e saúde.

Prestes a completar 90 anos, médico desde 1957 e com um currículo que inclui uma cadeira na Academia Brasileira de Ciências, o homenageado agradeceu pelo reconhecimento e proferiu palavras sobre o impacto da inteligência artificial na saúde.

Foco em inovação

A 6ª edição da Feira de Soluções para a Saúde é promovida pela SES-DF e pela Fiocruz Brasília, com patrocínio da FAPDF. Até quarta-feira (29), o evento reúne especialistas e entusiastas da área de saúde para promover parcerias institucionais de ciência, tecnologia e inovação.

A oportunidade auxilia na identificação de atores e tecnologias regionais, estimulando a aplicação do conhecimento científico na busca de soluções a desafios em saúde no âmbito do DF.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Últimas Notícias