Fale com o Governo Ações em Destaques

1/12/23 às 19:30

Banco de Leite do HRT celebra mais de 36 mil atendimentos em um ano

Atendimentos individuais e em grupo beneficiaram mais de três mil bebês entre outubro de 2022 e outubro de 2023. O feito foi celebrado em encontro com mães doadoras e receptoras

Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

Os mais de 36 mil atendimentos realizados até outubro deste ano foram celebrados pelo Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Como forma de enaltecer e estimular o serviço oferecido pelos integrantes da rede, o HRT reuniu nesta sexta-feira (1º) dezenas de mães doadoras e receptoras de leite materno da Região de Saúde Sudoeste, no Rotary Club de Taguatinga Sul.

A comemoração ocorre anualmente há mais de uma década. Esta é a primeira edição após a interrupção em decorrência da pandemia de covid-19. A ocasião proporciona o encontro de mães como Deisiane e Sofia, receptora e doadora, respectivamente, de leite materno infantil.

Classificados como referência nacional pelo Ministério da Saúde, os bancos de leite de Brasília são considerados os melhores do país | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Há 16 dias, Deisiane de Souza, 25 anos, deu à luz a Maria Cecília. A filha nasceu de forma prematura, com seis meses e meio de gestação, pesando 735 g e medindo 33 cm. Internada na UTI Neonatal do HRT, a bebê faz uso do leite materno doado ao BLH. A presença da mãe no evento serviu como forma de cumprimentar publicamente as mães nutrizes que servem à manutenção da rede. “Estou aqui para agradecer a todas as mães, que, como estão me ajudando, sei também que irão ajudar muitas outras famílias”, afirmou a moradora de Samambaia.

Mãe de Gabriel, de 3 meses, Sofia Mesquita é uma das doadoras que estiveram no evento para receber a saudação. Com o diagnóstico de hiperlactação, a genitora descreve os momentos de angústia e desconforto durante a produção excessiva de leite; e o reconforto que adquiriu após integrar o serviço de aleitamento. “A doação curou minha ferida”, garante Sofia, que passou a doar seis litros de leite por semana.

Referência mundial de qualidade

Nos últimos 12 meses, de outubro de 2022 a outubro de 2023, o BLH do HRT realizou 20.508 atendimentos individuais e 15.602 atendimentos em grupo. Neste período, 3.340,70 litros de leite foram distribuídos a 3.039 bebês. A coordenadora do BLH do HRT, Natália Conceição, destaca que a data do encontro tem também função estratégica para a manutenção da doação regular e dos níveis de estoque. “Este período que compreende o fim e o início de ano é quando acontece a queda do volume de doações. Com este encontro, a gente consegue celebrar e também relembrar a importância do ato de doar”, afirma.

Não é preciso deslocar-se aos postos de coleta: uma equipe dos Bombeiros vai à residência da doadora deixar o kit e, posteriormente, buscar os vidros cheios | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Um litro de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Toda mulher que estiver amamentando pode potencialmente ser uma doadora. Não é preciso deslocar-se aos postos de coleta: uma equipe dos Bombeiros vai à residência da doadora deixar o kit e, posteriormente, buscar os vidros cheios. Esta parceira da Rede de Bancos de Leite Humano do DF com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBM-DF) existe há 34 anos.

Neste ano, o CBM-DF colaborou com o Banco de Leite do HRT no recolhimento domiciliar em 4.693 visitas. A satisfação em contribuir para a saúde da população do DF aparece estampada na feição e nas palavras de integrantes da corporação. “Este pode parecer um ato tão pequeno, mas movimenta tantas coisas boas. Doar leite é doar vida”, indica a subtenente Daniela Moura, que desde de 2012 atua na coleta domiciliar de leite humano.

Rede de Bancos de Leite Humano do DF

São 11 bancos de leite humano na rede pública de Brasília e dois postos de coleta. Classificados como referência nacional pelo Ministério da Saúde, os bancos de leite de Brasília são considerados os melhores do país. Além disso, possuem classificação de Padrão Ouro pelo Programa Internacional Ibero-Americano de Bancos de Leite Humano.

As mães que desejarem doar podem fazer o cadastro por meio do telefone 160 (opção 4), no site do projeto ou pelo aplicativo Amamenta Brasília disponível na Apple e Play Store. Após o cadastro, são enviadas orientações de como coletar e armazenar o leite em casa.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Últimas Notícias