notas oficiais

10/3/18 20:05
Atualizado em 10/3/18 às 20:05

Pronunciamento: 106ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Evangélica das Assembleias de Deus do Distrito Federal

Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Eu quero agradecer a oportunidade de estar aqui com vocês. Eu fiquei muito honrado com o convite do deputado Ronaldo Fonseca e do pastor Geovanne de poder dirigir algumas palavras a vocês como cristão que sou, e na condição de governador de Brasília.

Em primeiro lugar, eu quero agradecer por todo o trabalho desenvolvido pelas igrejas evangélicas do Distrito Federal, seja um trabalho espiritual, seja um trabalho social. Muitas das nossas creches são administradas e ligadas a igrejas evangélicas, temos muitas casas de acolhimento, muitas casas que desenvolvem trabalhos sociais vinculadas a igrejas evangélicas fazendo um trabalho que era obrigação do Estado, que o Estado não consegue fazer sozinho e portanto faz em parceria com as igrejas.

Nós estamos fazendo um grande esforço de regularização fundiária no Distrito Federal. Eu acabo de vir de Planaltina, onde distribuímos 1.030 escrituras. Já são 47.239 escrituras entregues aos moradores das diversas cidades de Brasília. A gente sabe que isso é valorização do patrimônio, mas, sobretudo, traz segurança jurídica para essas famílias. Da mesma forma, nós estamos fazendo esse esforço para regularizar as igrejas. Ainda esta semana eu estive em Ceilândia entregando três escrituras para três igrejas evangélicas. Nós já entregamos mais de 137 e, até o fim do nosso governo, nós queremos entregar mais de 500 escrituras no Distrito Federal. É uma alegria poder compartilhar a alegria que eu vejo nos pastores ao receber essa escritura porque muitos esperavam por isso há muito tempo. Muito foi prometido e não foi realizado e, felizmente, a gente tem tido a oportunidade de realizar esse sonho.

Quero aproveitar a presença do deputado Wasny para fazer um agradecimento à Câmara Legislativa do Distrito Federal. Nós aprovamos recentemente a Lei Orgânica da Cultura e ali também nós colocamos um artigo regularizando o apoio às atividades culturais religiosas, às atividades culturais cristãs, que a gente sabe que vai dar segurança para o gestor e também segurança para a comunidade.

Se o senhor me permite, pastor Geovanne, eu gostaria de fazer um pedido. Governar uma cidade em um momento tão delicado da vida política brasileira, da vida política e econômica brasileira, com tantos interesses diversos, muitas vezes temos que tomar posições que precisamos tomar como gestor público, como gestor maior da cidade, e para isso a gente precisa de muito discernimento, de muita sabedoria. Portanto, se eu puder pedir a todos vocês, que são pessoas de fé, eu gostaria de pedir a oração de vocês para que Deus nos dê discernimento, sabedoria, para que possamos fazer o melhor para a população de Brasília. Muito obrigado e uma ótima convenção a todos vocês!

Leia a notícia Moradores de Planaltina recebem 1.030 escrituras neste sábado (10)