notas oficiais

6/3/18 18:59
Atualizado em 6/3/18 às 18:59

Pronunciamento: assinatura do decreto de instituição do Plano Distrital de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Quero dizer da nossa alegria de assinarmos mais um instrumento importante do planejamento urbano da nossa cidade, especialmente colocando Brasília como uma cidade referência do ponto de vista da sustentabilidade do tratamento dos resíduos sólidos. Se a gente for pegar, minha gente, o que nós já avançamos no que se refere ao tratamento de resíduos sólidos no Distrito Federal, realmente é uma diferença muito grande da cidade que a gente encontrou e do que estamos fazendo e entregando para nossa população. Cumprindo de forma rigorosa a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que eu tive a honra de trabalhar na sua aprovação enquanto parlamentar no Congresso Nacional.

Nós já encerramos as atividades no lixão da Estrutural, isso era uma previsão da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Nós já inauguramos um aterro sanitário, dentro das normas previstas pelo Ministério do Meio Ambiente. Nós instituímos os papa-lixos, nós instituímos o papa-entulho, nós estamos construindo centros de triagem e, enquanto ainda não estão prontos, nós alugamos centros de triagem para abrigar os catadores de material reciclável. Na semana retrasada, nós lançamos o Plano de Saneamento Básico e agora nós estamos lançando o Plano Distrital de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos.

Nós já estamos preparando as licitações para as áreas de transbordo, triagem e reciclagem de resíduos da construção civil. Teremos dois centros desse, um no Gama e um em Samambaia, e estamos ampliando a coleta seletiva para todo o Distrito Federal. Com a liberação do Tribunal de Contas, com o edital definitivo em breve nós devemos ter a coleta seletiva em todo o Distrito Federal e já temos a coleta seletiva em várias cidades do Distrito Federal, feita por catadores de material reciclável.

Portanto, se a gente for olhar o ponto de partida de como recebemos o governo em 2014 em relação a esse tema e o que nós já fizemos até o dia de hoje, nós já fizemos uma revolução no que se refere à política de resíduos sólidos no Distrito Federal. E esse é um instrumento de planejamento, é um instrumento que define as metas, os objetivos para os próximos 20 anos com revisão de 4 a 4 anos, e uma exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos até que aja transferência de recursos federais para o Distrito Federal nessa área.

Estão todos de parabéns, é uma alegria muito grande. A gente quer aproveitar para convidar todos que estão aqui presentes, amanhã teremos outro ato importante, que é a valorização dos servidores do SLU, quando nós vamos sancionar o projeto de lei que reformula a carreira dos servidores do SLU. Muito obrigado!

Leia a matéria Governo institui Plano Distrital de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos