29/11/19 20:17
Atualizado em 29/11/19 às 20:22

Centro Olímpico e Paralímpico completa oito anos

COP da Estrutural atende, atualmente, a 2.165 pessoas, dois quais 501 alunos que utilizam o espaço no contraturno da escola | Foto: Secretaria do Esporte e Lazer / Divulgação

O Centro Olímpico e Paralímpico (COP) da Estrutural completou oito anos nesta sexta-feira (29). Para comemorar foi realizada uma grande festa para a comunidade. Crianças e adolescentes aproveitaram o dia com pula-pula, brinquedoteca, piscina de bolinhas, pintura de rosto e fotos com impressão.

A cerimônia contou com a presença do secretário de Esporte e Lazer, Leandro Cruz; do presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Cândido Teles de Araújo; do administrador regional da Estrutural, Major Gustavo Cunha; e da chefe de gabinete da senadora Leila Barros, Ricarda Lima. Representantes da secretaria, pais, alunos e toda a comunidade lotaram o COP.

“Os nossos centros olímpicos e paralímpicos são fundamentais para umas das principais missões da secretaria, que é disputar o coração, a mente e o destino de cada criança que está aqui. E quando você observa a Estrutural, e toda a história dessa comunidade, essa missão é ainda mais importante. Hoje completamos oito anos deste importante objetivo, que é ajudar na transformação, na formação educacional, moral e de caráter de cada uma dessas crianças”, destacou o secretário Leandro Cruz.

O COP da Estrutural tem como destaque o projeto de ginástica acrobática do Futuro Campeão, coordenado pela professora Marcela Rodrigues. O grupo aproveitou o evento para fazer uma apresentação.

“Nosso projeto conta com 30 atletas, das quais 29 são meninas. Temos também um menino. Neste ano  participamos,  pela primeira vez, de um campeonato fora do Distrito Federal. A ginástica acrobática é importante porque traz uma série de benefícios para os alunos. Além do benefício físico, adquirindo mais coordenação, força, equilíbrio, a gente também trabalha com disciplina, responsabilidade, coletividade e respeito ao próximo”, destacou a professora.

Unidade já recebeu, até agora, cerca de 3,7 mil pessoas em seu Espaço de Convivência e Lazer | Foto: Secretaria do Esporte e Lazer / Divulgação

Alessandra Cardoso é mãe de duas ginastas, Ana Cecília (11 anos) e Ana Júlia (8). Ela contou que as filhas frequentavam o Centro Olímpico do Setor O e foram convidadas para fazer o teste do Futuro Campeão. “Depois que elas entraram para a ginástica, conquistaram muito mais disciplina, mais compromisso com a escola. As notas melhoraram, porque a professora da ginástica também vê o boletim escolar delas. A ginástica ensinou as minhas filhas a terem responsabilidade”, orgulha-se.

Manutenção

Recentemente, a Novacap disponibilizou cerca de R$ 107 mil para a manutenção do sistema elétrico. Com isso, as aulas noturnas voltarão ao calendário do espaço. A instalação do Batalhão da Polícia Militar foi outra mudança positiva, garantindo mais segurança aos presentes.

“É muito prazeroso ver a quantidade de alunos, crianças e jovens participando desta confraternização e se preparando para um futuro. É muito bom ajudar o Centro Olímpico e Paralímpico. E estamos à disposição da secretaria para continuar com esta parceria e atender às demandas da sociedade”, disse o presidente da Novacap, Cândido Teles de Araújo.

O Centro Olímpico e Paralímpico da Estrutural atende, atualmente, a 2.165 pessoas, dois quais 501 alunos que utilizam o espaço no contraturno da escola. Nesse período, de segunda a sexta-feira, eles participam de seis modalidades esportivas e uma atividade de qualificação, o que torna esse COP diferenciado das outras unidades. A unidade da Estrutural já recebeu, até agora, cerca de 3,7 mil pessoas em seu Espaço de Convivência e Lazer, programa aberto aos fins de semana para a comunidade.

 

* Com informações da Secretaria do Esporte e Lazer