16/8/16 10:08
Atualizado em 13/12/16 às 14:54

Mais de 3,2 mil turistas buscaram informações sobre Brasília no período de jogos na capital

Entre os estrangeiros, os franceses foram os que mais pediram auxílio nos Centros de Atendimento a Turistas durante a Olimpíada. A unidade móvel instalada em frente à Catedral foi a mais procurada de 4 a 13 de agosto

Durante os jogos da Olimpíada em Brasília, de 4 a 13 de agosto, sete Centros de Atendimento a Turistas auxiliaram 3.292 visitantes que buscaram informações. Desses, 599 eram estrangeiros. O posto de atendimento mais procurado foi a unidade móvel em frente à Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, na Esplanada dos Ministérios.

atendimento_a_turista_durante_a_olimpiada

Entre os estrangeiros atendidos nos centros, os franceses foram os que mais procuraram os postos, seguidos por estadunidenses, mexicanos, italianos e colombianos. Já os brasileiros mais interessados em informações sobre Brasília foram representados, nessa ordem, por pessoas do Paraná, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de São Paulo e do Rio Grande do Sul.

A subsecretária de Produtos e Políticas de Turismo, da Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, Caetana Franarin, destaca que esses dados são referentes apenas aos turistas que procuraram os centros de atendimento. “Sabemos que também recebemos muitos visitantes com perfil familiar, que já têm os parentes aqui para apresentar a cidade”, exemplifica.

Além da procura por mapas, os visitantes buscaram recomendações de atrações em Brasília. Os estrangeiros se mostraram interessados em restaurantes de gastronomia brasileira, informações de transportes e agenda cultural, segundo a subsecretária. Depois da unidade móvel na Catedral, os centros mais requisitados foram o da Praça dos Três Poderes e o do aeroporto de Brasília.

Cinquenta voluntários atuaram na área de Turismo

Selecionados após se cadastrar no Portal do Voluntariado, do governo de Brasília, 50 voluntários atuaram na área de turismo: foram 35 no eixo de recepção e 15 para pesquisa. Esse segundo grupo aplicou 1.970 questionários. Os dados estão sendo tabulados por uma equipe da Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer. O questionário tinha 12 perguntas, como procedência, gastos e local de hospedagem.

“O retorno dos voluntários foi muito positivo, eles já mostraram interesse em participar em uma próxima oportunidade. O Fórum Mundial da Água, em 2018, é uma possibilidade para isso”, conta Franarin. Ela também destacou a formação dos voluntários, em geral com nível superior, e a habilidade deles em idiomas.

Com o fim da Olimpíada em Brasília — o último jogo ocorreu no sábado (13) —, os Centros de Atendimento a Turistas voltam a operar normalmente. Alguns dos centros, como a unidade móvel da Catedral, foram abertos temporariamente para atender a demanda.

Centros de Atendimento a Turistas em Brasília

Aeroporto Internacional de Brasília
Desembarque doméstico (área restrita)
Diariamente, das 8 às 18 horas

 

Praça dos Três Poderes
Na Casa de Chá
Diariamente, das 8 às 18 horas

Edição: Paula Oliveira

Galeria de Fotos

Mais de 3,2 mil visitantes buscaram informações turísticas durante os jogos da Olimpíada em Brasília