23/6/17 14:24
Atualizado em 27/6/17 às 12:25

Papa-entulho do Guará começa a funcionar

Equipamento fica próximo à feira permanente e funciona das 7 às 18 horas. Inauguração ocorreu na manhã desta sexta-feira (23)

A população do Guará passou a contar com um espaço para descarte de resíduos da construção civil, volumosos (como móveis) e restos de podas. Inaugurado nesta sexta-feira (23), o papa-entulho da região pode receber, diariamente, por pessoa, até 1 metro cúbico desses tipos de materiais — o equivalente a uma caixa d’água de mil litros.

Equipamento fica próximo à feira permanente e funciona das 7 às 18 horas. Inauguração ocorreu na manhã desta sexta-feira (23).
Inaugurado nesta sexta (23) no Guará, papa-entulho fica próximo à feira permanente e funciona das 7 às 18 horas. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

A estrutura fica ao lado da Feira Permanente, no Guará 2 (SRIA II QE 25, Área Especial do Cave), e funciona das 7 às 18 horas, de segunda a sábado. Também podem ser entregues recicláveis, como papéis, plásticos, papelões e metais, desde que estejam separados e limpos.

Carroceiro há 30 anos, Antônio Francisco de Andrade, de 62 anos, foi um dos primeiros a usar o equipamento público. “Agora já tem o lugar certo para jogar”, disse, após depositar restos de construção em uma das caçambas disponíveis para descarte.

Durante a inauguração, a diretora-presidente do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Kátia Campos, destacou a participação desses trabalhadores para o sucesso da operação do papa-entulho. “O trabalho deles vai ser fundamental para que a gente não veja mais lixo esparramado aqui no Guará.”

Óleo usado em frituras pode ser deixado no papa-entulho por meio do Projeto Biguá, da Caesb

De acordo com a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), foram entregues aos moradores informativos sobre o papa-entulho. Além disso, é feito um trabalho de fiscalização do descarte irregular de resíduos. Mensalmente, são recolhidas pela autarquia, em média, 5 mil toneladas de entulho de construção e 39 toneladas de podas e móveis.

O papel da população nesse processo foi destacado pelo administrador regional, André Brandão Péres. “É uma área limpa, organizada, para que a gente possa fazer o descarte”, frisou.

Estrutura do papa-entulho no Guará

No papa-entulho do Guará foram investidos R$ 138.600, com recursos da administração regional. O espaço conta ainda com escritório de apoio aos trabalhadores, área coberta para recebimento de recicláveis e baias para materiais volumosos e de podas.

Óleo usado em frituras pode ser deixado no local por meio do Projeto Biguá, da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

Este foi o quinto papa-entulho inaugurado desde 2015. Os demais estão em Ceilândia, em Taguatinga, em Brazlândia e no Gama.

Regras para o uso do papa-entulho

A Instrução Normativa nº 2, de 15 de março de 2017, estabelece as regras para utilização dos papa-entulhos. Não é autorizada a entrada de caminhões ou carretas para descarregar o material a ser descartado, e é proibido o descarte de:

  • resíduos domésticos, industriais, de serviços de saúde e eletrônicos
  • pneus
  • embalagens de agroquímicos, de produtos fitossanitários e de óleos lubrificantes
  • lâmpadas
  • pilhas e baterias
  • equipamentos ou materiais que tenham metais pesados
  • gesso
  • espelhos
  • vidros
  • amianto
  • tintas, solventes e tonner

Edição: Marina Mercante

Galeria de Fotos

Papa-entulho do Guará começa a funcionar