23/2/20 9:07
Atualizado em 27/2/20 às 19:09

Mariana, uma gaúcha encantada pela capital

Nascida em Porto Alegre, a empresária construiu sua vida em Brasília e adora um café na padaria, um cachorro-quente na esquina, um churrasco em casa. “Brasília tem um jeito legal, um jeito próprio de se viver”, diz

59dias para os 60 anos de Brasília
Na infância, Brasília já era o destino de férias de Mariana Brasil. Ela ia ao sítio da família, com a avó Lilian. “Foi com ela que conheci grande parte da cidade e com quem vivenciei momentos maravilhosos”, conta. Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Em homenagem à capital federal, formada por gente de todos os cantos, a Agência Brasília está publicando, diariamente, até 21 de abril, depoimentos de pessoas que declaram seu amor à cidade. 

 

“Nasci em Porto Alegre, mas foi aqui em Brasília que construí minha vida, fiz família e tenho filhos. Filhos de coração, assim como eu me sinto, na capital federal, que tem o meu coração. 

Na infância, Brasília já era o meu destino de férias. Aproveitava para ir ao sítio da família, com minha vó Lilian (linda e saudosa!). Foi com ela que conheci grande parte da cidade e com quem vivenciei momentos maravilhosos. Essas lembranças permanecerão lindas no meu coração. A SQS 305 era o meu paradeiro, no bloco que meus avós moravam naquela época.

Essas lembranças permanecerão lindas no meu coração. A SQS 305 era o meu paradeiro, no bloco que meus avós moravam naquela épocaMariana Brasil, 40 anos, empresária

Hoje em dia, um dos motivos pelos quais eu amo Brasília é que a cidade tem um jeito legal, um jeito próprio de se viver. 

Nas manhãs de domingo, um café na padaria. Passear pelo Pontão, acho o maior alto astral… O cachorro-quente na esquina, a cervejinha gelada no boteco tradicional, os restaurantes charmosos, os bloquinhos de Carnaval. 

O período da seca e da chuva. Muita chuva! E o churrasquinho semanal em casa é quase obrigatório.  Ah, meus filhos também adoram…!!

Sou encantada por essa cidade.”

Mariana Brasil, 40 anos, empresária e gaúcha de coração brasiliense

  • Depoimento concedido ao jornalista Hédio Ferreira Jr.

 

A Agência Brasília publica, até 21 de abril – quando a capital completa 60 anos –, declarações de amor à cidade. Uma por dia. Sim, nós te amamos, Brasília.