5/3/20 11:11
Atualizado em 5/3/20 às 18:28

Cynthia Machado encontrou, aqui, seu lugar no mundo

Designer de joias e publicitária, ela construiu sua identidade junto com a da cidade. “A gente meio que é protagonista de tudo o que acontece aqui”, diz

48dias para os 60 anos de Brasília

Em homenagem à capital federal, formada por gente de todos os cantos, a Agência Brasília está publicando, diariamente, até 21 de abril, depoimentos de pessoas que declaram seu amor à cidade. 

 

Em 37 anos de vida, a publicitária e designer de joias já teve pelo menos 15 endereços diferentes. “Mas é em Brasília que hoje me sinto em casa”, diz. Foto: Arquivo pessoal

Brasília, Manaus, Belém, Rio de Janeiro, Fortaleza, Londres, Florença. Se você pudesse escolher uma desses lugares para morar, qual seria? Pois bem, eu já morei em todos eles. Nos meus 37 anos de vida já tive pelo menos uns 15 endereços diferentes. E é em Brasília que hoje me sinto em casa. 

Me sinto em casa enquanto estou caminhando de manhã cedinho e o sol se esconde entre os flamboyants da minha quadra. Enquanto distribuo bons dias no caminho até a padaria. Nas risadas das crianças que passam correndo debaixo do bloco. Nas amizades que construí, no amor que encontrei, nos elos que criei.

Me sinto em casa enquanto estou caminhando de manhã cedinho e o sol se esconde entre os flamboyants da minha quadra.

Dos 60 anos que Brasília completa, os últimos 15 eu vi e vivi de perto. E enquanto a cidade ia aos poucos construindo sua identidade, eu ia também construindo a minha.

Essa história de viver em uma cidade ainda tão jovem – 60 anos é jovem, sim! – nos faz sentir meio que protagonistas de tudo que acontece aqui. Isso é tão poderoso!

É como se ainda tivesse tanto espaço pra ocupar, tanta coisa pra acontecer, tantas possibilidades… uma cidade que extrapolou o papel meramente político que lhe foi imposto e hoje é muito mais que isso.

É o lar de muita gente criativa, de negócios prósperos, de músicos, artistas, brasileiros e estrangeiros que, assim como eu, hoje se sentem verdadeiramente em casa aqui.

E depois de tantos anos trocando de CEP e procurando meu lugar no mundo, como é bom saber que, finalmente, encontrei.

Cynthia Machado, 37 anos, designer de joias, publicitária, brasiliense de coração e moradora da Asa Sul

  • Depoimento concedido ao jornalista Freddy Charlson