Fale com o Governo Ações em Destaques

12/5/22 às 09:37, Atualizado em 12/5/22 às 09:44

Operação especial de segurança começa hoje em Ceilândia e no Sol Nascente

As duas regiões serão, a partir desta quinta (12), foco da Quinto Mandamento, que integra ações das polícias Civil e Militar, Detran, DER e DF Legal, sob coordenação da SSP

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

O Distrito Federal tem sido destaque nacional na redução de homicídios nos últimos três anos. O cenário permanece nestes primeiros quatro meses de 2022. Levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta semana mostra que, no quadrimestre, essa redução é a maior dos últimos 23 anos. Os números resultam de uma série de ações previstas pelo programa DF Mais Seguro.

A Operação Quinto Mandamento é uma das principais formas de chegar até esse resultado exitoso. Nesta semana, de quinta-feira (12) a sábado (14), Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol receberão edição especial da operação que, além do combate aos crimes contra a vida, inclui ações específicas para coibir os crimes contra o patrimônio, em especial roubo em coletivo, roubo a transeunte, furto de veículos e o tráfico de drogas.

Além do combate aos crimes contra a vida, a operação inclui ações específicas para coibir os crimes contra o patrimônio e o tráfico de drogas | Fotos: Divulgação/SSP-DF
“Nossas operações são realizadas na tentativa de equalizar os índices criminais em todo o DF, que, no geral, seguem em queda. Os crimes contra o patrimônio impactam na rotina da população e, por isso, vamos atuar de forma incisiva na região” Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública

Excepcionalmente nesta semana, a Quinto Mandamento terá início na quinta-feira e horário diferenciados. A liberação do efetivo será realizada nesta quinta (12), às 15h, na região central da cidade, ao lado do restaurante comunitário. No domingo (15), a operação segue em outras regiões do DF.

“Nossas operações são realizadas na tentativa de equalizar os índices criminais em todo o DF, que, no geral, seguem em queda. Os crimes contra o patrimônio impactam na rotina da população e, por isso, vamos atuar de forma incisiva na região”, afirma o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

A Quinto Mandamento se soma às ações dos batalhões locais e, por meio da integração e presença policial, abordagens e pontos de bloqueio, são alcançados resultados que impactam diretamente na sensação de segurança dos moradores, explica o secretário.

De forma integrada e sob coordenação da SSP, a ação reúne as polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Secretaria DF Legal e Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF). Criada em julho de 2020, a Quinto Mandamento tem como foco a redução dos crimes contra a vida e ocorre todo fim de semana, sempre de sexta a domingo, em diferentes RAs.

De forma integrada e sob coordenação da SSP, a ação reúne as polícias Militar e Civil, Detran-DF, Corpo de Bombeiros, DF Legal e DER-DF

Equipes especializadas, como Rotam, BPCães, RPMon, da Polícia Militar, e Departamento de Operações Especiais (DOE), da Polícia Civil, atuarão com planejamentos próprios, com alternância de policiamento nas principais vias, comércio e locais demandados por denúncia e locais distintos, e atuando em apoio a pontos de bloqueio. Já a Polícia Rodoviária Federal atuará no posto fixo da instituição, na BR-070, imediações.

“A parceria entre a DF Legal e a SSP mostra a tônica do governo Ibaneis Rocha, que é buscar a melhoria da qualidade de vida e da segurança da população de forma integrada” Cristiano Mangueira, secretário da DF Legal

“O trabalho em conjunto faz de Ceilândia uma cidade mais segura. Agradecemos ao governador Ibaneis Rocha, ao secretário Júlio Danilo e aos demais envolvidos nesta ação”, disse o administrador de Ceilândia, Cláudio Ferreira. O administrador do Sol Nascente, Antônio José da Silva, reforça: “A ação é de extrema importância para melhor organização da cidade e aumento da sensação de segurança da população”.

Operação contínua

Levantamentos das subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI), da SSP, subsidiam a definição dos locais e horários de realização da Quinto Mandamento. Os órgãos integrantes também contribuem com informações. A coordenação fica por conta da Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), também da SSP.

Entre janeiro e abril de 2022, o total de servidores empregados na ação chegou a 3.104 servidores e 935 viaturas utilizadas. De forma conjunta, a PMDF e a PCDF abordaram 6.785 pessoas. Os policiais também checaram 2.282 veículos. Bombeiros militares orientaram 266 estabelecimentos comerciais sobre a importância de manter em dia a documentação e de cumprir exigências, como saídas de emergência.

Em Ceilândia, mais uma vez, Detran e DER atuarão por meio de pontos de bloqueio para fiscalização e consulta de veículos. “Durante as abordagens, é feita a verificação de documentos e os policiais atestam se há mandado de prisão em aberto, trabalho essencial para retirar das ruas indivíduos envolvidos com o crime. As abordagens têm caráter preventivo”, ressalta o secretário executivo de Segurança Pública, Milton Neves.

“As abordagens são parte da rotina policial. A partir dessa ação, são feitas apreensões de armas e drogas, que estão diretamente ligadas à prevenção de homicídios e também dos crimes contra o patrimônio, nosso foco nestes dias em Ceilândia”, acrescenta a subsecretária executiva, coronel Cíntia Castro.

A DF Legal, por sua vez, realiza a fiscalização de estabelecimentos comerciais. “A parceria entre a DF Legal e a SSP, tanto na Quinto Mandamento quanto em diversas outras ações em prol da população do DF, mostra a tônica do governo Ibaneis Rocha, que é buscar a melhoria da qualidade de vida e da segurança da população de forma integrada”, diz o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública do DF

Últimas Notícias